Economia local

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2436 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]


SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
ADMINISTRAÇÃO

RODRIGO ALVES















DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO LOCAL





















SÃO MATEUS
2012
rodrigo alves

















DESENVOLVIMENTO ESCONÔMICO LOCAL









Trabalho apresentado ao Curso ADMINISTRAÇÃO da UNOPAR -Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas Teorias da administração, Comunicação e Linguagem, Sociologia e Filosofia.


Profs. Samara Headley, Marcelo Silveira, Wilson Sanches e Márcia Bastos.














SÃO MATEUS

2012

SUMÁRIO

1INTRODUÇÃO......................................................................................................... 3

2 DESENVOLVIMENTO............................................................................................. 4
2.1 A REESTRUT. CAPITALISTA E A CRISE DOS ESTADOS NACIONAIS............ 4
2.2 AS POLÌTICAS PÚBLICAS PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO........ 5
2.3 CARACTERIZAÇÕES DO MUNICÍPIO DE CONCEIÇÃO DA BARRA................ 6
2.3.11 INTRODUÇÃO

































2 DESENVOLVIMENTO


Em suma, o desenvolvimento econômico é um processo pelo qual a renda nacional real de uma economia aumenta durante um longo período de tempo. A renda nacional real refere-se ao produto total do país de bens e serviços finais, expresso não em termos monetários, mas sim em termosreais: a expressão monetária da renda nacional deve ser corrigida por um índice apropriado de preço de bens e consumo e bens de capital. E, se o ritmo de desenvolvimento é superior ao da população, então a renda real per capta aumentará. O processo implica a atuação de certas forças, que operam durante um longo período de tempo e representam modificações em determinadas variáveis. Os detalhes doprocesso variam sob condições diversas no espaço e no tempo, mas, não obstante, há algumas características comuns básicas, e o resultado geral do processo é o crescimento do produto nacional de uma economia que, em si própria, é uma variação particular em longo prazo.


2.1 A REESTRUTURAÇÃO CAPITALISTA E A CRISE DOS ESTADOS NACIONAIS


Foi a partir do ano 1930 que aconteceramalgumas mudanças na sociedade brasileira, o que predominava em nosso país naquela época era o emprego relacionado ao modelo agro-exportador que logo se desmantelou por causa do setor manufatureiro/industrial que ficou muito conhecido como processo de substituição de importação. Os fatores que mais contribuíram para que isso acontecesse foram à crise de 1929 e a primeira guerra mundial que ainda semostrava presente, durante a crise de 29 o mercado internacional foi bloqueado e assim ninguém poderia mais exportar nenhum produto, foi então que o país teve de deslocar seus trabalhos apenas para vendas internas o que permitiu o crescimento industrial urbano. Até então o Brasil exportava café e recebia com “divisas” com elas eram pagas as importações, durante esse período o país enfrentou umacrise para pagar as contas e para importar produtos essenciais aos indivíduos e as empresas, a falta de divisas provocava a desvalorização cambial e encarecia as importações, essas ocorrências serviram para que grandes mudanças ocorressem em todo nosso país.
Com a mudança no processo do mercado externo o consumo das produções passaram a ser supridos pelo mercado interno, o dinheiro queajudou nesse processo da criação do mercado interno veio então do setor cafeeiro que estava em decadência, a produção nacional se voltou apenas para o consumo e importação de máquinas e equipamentos essas mudanças foram o que estimularam a produção interna em virtude de novas necessidades criadas pelos colonos.
O mercado de trabalho teve mudanças significativas, ou seja, o...
tracking img