Economia do trabalho e exclusao social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1966 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
“BALTAR, Paulo Eduardo de Andrade; DEDECCA, Cláudio Salvadori; HENRIQUE, Wilnês. Crise e trabalho no Brasil.

“Mercado de trabalho e exclusão social no Brasil”

p. 87
“[A crise no final do anos 70] ... produziu uma sociedade desigual e excludente. [na] década de 80 a estagnação econômica vem ampliando sistematicamente os problemas de emprego e pobreza. (...) nos anos 90 (...) adesverticalização e desarticulação da estrutura produtiva [junto com a incapacidade do Estado de criar novos investimentos] (...) tem estreitado enormemente as possibilidades de integração sócio econômica da população por meio do emprego e dos serviços públicos.”

“Desenvolvimento econômico e exclusão social”

p. 88
“O rápido desenvolvimento da economia brasileira até a década de 1970 (...) reproduziuuma elevada incidência de pobreza. (...) a pobreza rural persistia (...). A pobreza urbana (...) tornava-se (...) um problema nacional, destacando-se a conformação de extensos bolsões de miséria nas metrópoles.”

“Um dos principais determinantes da reprodução da pobreza foi o padrão de geração de emprego e renda existente no país, associado ao estilo de desenvolvimento.”

p. 88 e 89 - Razõespara o êxodo rural
“... [O] volume e velocidade significativos do êxodo rural e suas conseqüências sobre a estruturação do mercado. (...) estão associados a:
I. permanência de uma estrutura agrária assentada numa distribuição concentrada da propriedade e no atraso produtivo e suas conseqüências sociais (...);
II. intenso processo de modernização agrícula fomentado pela intervenção do Estado[financiamentos](...);
III. esgotamento progressivo da capacidade de absorção da população diretamente na atividade agrícola nas áreas de fronteira de expansão da agricultura.”
p. 89
“O processo de inserção no modo de vida urbano, (...) uma crescente mercantilização do consumo, (...) uma ampliação do assalariamento e da formalização das relações contratuais, (...) reproduziram formas de integraçãoprecária no mercado de trabalho que coexistiram com um núcleo de assalariamento mais estável e com garantia de direitos trabalhistas (...) associados (...) ao emprego público e às empresas com maior tamanho e grau de organização.”

“Ao final desse processo de desenvolvimento, havia uma parcela ponderável de trabalhadores por conta própria e de assalariados em ocupações que não apresentavam ummínimo de continuidade e regularidade. Essa configuração de ocupações esteve estreitamente vinculada à manutenção do perfil desigual de distribuição de renda que se refletiu:
I. nas limitações da difusão do consumo de bens, apesar da montagem de um aparelho produtivo capacitado para expandir-se de modo a atender a uma maior parcela da população;
II. na insuficiência dos serviços coletivos,notadamente os sociais;
III. na ampliação e diversificação de serviços privados para a população de alta renda, fundados na presença de mão-de-obra abundante e barata;
IV. na proliferação de serviços baratos para a população de baixa renda, apesar de seu escasso poder de compra.”

p. 90
“Isto também não ocorreu por meio das instituições que regulam as relações de trabalho.”

“O período dos governosmilitares após o golpe de 1964 foi particularmente desfavorável ao aumento generalizado dos salários. Destacaram-se, em especial, a violência da repressão contra os sindicatos e os partidos políticos e a execução de uma política de arrocho dos salários de base. Entre 1968 e 1973, após cinco anos de recessão, a economia brasileira conheceu um boom de intensidade inusitada. Entretanto a grandemaioria dos trabalhares não usufruiu de aumentos substanciais no poder de compra de seus salários, mesmo quando uma parcela deles teve acesso a oportunidades ocupacionais de nível elevado de produtividade.”
“A permanente e prolongada crise econômica que tem vivido o Brasil desde o início da década de 1980 redefiniu aspectos centrais dos condicionantes da situação social no país, em particular a...
tracking img