Economia cosif

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6019 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Nomes | Números |
Andréa Galli | 02 |
Débora Leal | 07 |
Fernanda Nastasi | 09 |
Gisele Prado | 10 |
Márcia Gomes | 18 |
Tatiana Silva | 30 |
Vanessa O Silva | 34 |

SUMARIO

Estrutura do Sistema Financeiro Nacional 4
Histórico de Constituição do S.F. N. 4
Estrutura Atual do Sistema Financeiro Nacional 4
Sub-Sistema Normativo 4
Autoridades Monetárias 4
Autoridades deApoio 4
A EVOLUÇÃO DOS BANCOS BRASILEIROS DE DEZ/1988 A DEZ/2000 5
INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS BANCARIAS 15
INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS NÃO-BANCARIAS 15
COSIF - Plano Contábil das Instituições Financeiras 16
Normas Básicas 16
Elenco de Contas 17
Classificação das Contas 18
Conclusão 21

Estrutura do Sistema Financeiro Nacional

Histórico de Constituição do S.F. N.
* 1808 – D.João VI criou o 1º Banco do Brasil
* 1836 – É criado o Banco do Ceará
* +/- 1837 – Pernambuco e Rio de Janeiro
* 1845 – É criado o atual Banco do Brasil (3º. BB).
* 1945 – É criada a Sumoc (Superintendência da Moeda e do Credito)
* 1952 – É criado o BNDE – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico
* 1962 – São criado o Banco do Nordeste do Brasil, Banco de Credito daAmazônia e o Banco Regional de Desenvolvimento do Estremo Sul.
* 1964 – Reforma bancaria;
- Foi criado o Banco Central do Brasil;
- Foi criado o CMN – Conselho Monetário Nacional;
- A criação do Sistema Financeiro da Habitação – SFH;
- Foi instituída a correção monetária dos contratos.
* 1965 – Foi disciplinado o mercado de capitais.* 1976 – Foi criada a CV M – Comissão de valores Mobiliários – e foi promulgada a Lei 6404/76 – Lei das S. As.

Estrutura Atual do Sistema Financeiro Nacional

Sub-Sistema Normativo
Autoridades Monetárias

a) Conselho Monetário Nacional: É o órgão Maximo S.F.N. É composto pelas 3 principais autoridades do país:

1- Ministro da Fazenda;
2- Ministro do Planejamento;
3-Presidente do Banco Central.

b) O Banco Central (BACEN): É o gestor das decisões do C.M.N. Resumidamente BACEN é responsável pelo seguinte:

1- Emissão de moeda;
2- Gestor do S.F.N.;
3- Execução da Política Monetária do Governo;
4- Função de ser banco dos bancos;
5- Ser banqueiro do Governo.

Autoridades de Apoio

a) C.V.M. – Comissão de valores Mobiliários;
b) CRSFN– Conselho de Recursos do SFN;
c) Banco do Brasil;
d) BNDES – Bando Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social;
e) CEF – Caixa Econômica Federal;
f) SFH – Sistema Financeiro da Habitação.

Relatório Consolidado de 1988 a 2000
 
  
A EVOLUÇÃO DOS BANCOS BRASILEIROS DE DEZ/1988 A DEZ/2000
 
 
As condições para o desenvolvimento de um tipo particular de sistema financeiroenvolvem aspectos estruturais como a natureza dos mercados e relacionamentos entre as instituições, os demais agentes econômicos e o arcabouço regulamentar. Envolve também aspectos funcionais tais como os métodos de captação de recursos e de concessão de crédito, os serviços oferecidos e a segmentação da clientela. Por último, envolve, também, aspectos instrumentais relativos aos tipos de papéisutilizados nas transações financeiras e as políticas monetárias utilizadas. Todos estes aspectos, inter-relacionados, geram o formato sob o qual o sistema financeiro se apresenta em determinado ponto no tempo.
 
A identificação de alternativas de estruturação dos sistemas financeiros depende de que se consiga responder algumas questões como qual a forma mais apropriada para seu funcionamentotendo em vista uma certa perspectiva de crescimento econômico e qual a forma possível de se assegurar, através da regulamentação, que o sistema se estruture de maneira consistente com uma forma ótima vislumbrada, caso esta forma exista.
 
A configuração do Sistema Financeiro Nacional (SFN), desenhada a partir de 1964, sofreu uma mudança de enfoque a partir da edição de Resolução 1524, de...
tracking img