Economia atp

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (673 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ETAPA I: Introdução à Economia: Ramo de Turismo
O ramo de Turismo é um dos principais segmentos com um futuro bem próximo de gerar ótimas oportunidades de negócio. Principalmente por que o Brasil seencontra na lista dos dez países que mais recebem eventos internacionais no mundo, isso se dá pelo crescimento e estabilidade da economia brasileira que gera visibilidade das maiores potencias eorganizações mundiais.
O turismo tem crescido substancialmente nos últimos anos como um fenômeno econômico e social, razão pela qual as tradicionais descrições dessa atividade, baseadas, sobretudo nosaspectos socioculturais dos visitantes, têm sido complementadas por uma perspectiva de caráter econômico visando identificar e valorizar as contribuições geradas pelo turismo à economia dos países.
Ofato das grandes perspectivas futuras de negócio dos próximos anos, leva em consideração os maiores eventos esportivos do mundo que vão acontecer no Brasil: A Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas doRio de Janeiro em 2016. Com isso varias áreas de atuação do Turismo vão ser bastante requisitadas, como: Companhias aéreas, Hotéis e Pousadas, Intérpretes, Taxistas, Agência de viagens, Locadores deAutomóveis, etc.
Informações do Mercado Consumidor
O brasileiro gastava, em média, R$ 50,16 por mês com viagens esporádicas (ou seja, não rotineiras) em 2008 e 2009, segundo dados da pesquisa deOrçamento Familiares 2008-2009. Divulgados recentemente pelo IBGE, os brasileiros com renda superior a R$ 3 mil gastam R$ 147,63 com viagens por mês, enquanto aqueles com renda até 910 gastam apenas R$8,46.
Os gastos variam também de acordo com o grau de escolaridade do brasileiro. Aqueles com ensino superior gastam R$ 187,61 com viagens, quatro vezes mais do que aqueles com apenas ensino médio (R$44,79) e oito vezes mais do que aqueles com ensino fundamental ou menos (R$ 22,29).
Entre os gastos com viagens, 48,7% são destinados a transporte, 22,6% a alimentação, 12,8% a pacotes e 11,6% a...
tracking img