Ecofisiologia da cultura do milho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (927 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
E COFISIOLOGIA D A C ULTURA D O
M ILHO

G ERMINAÇÃO E E MERGÊNCIA


Consiste na etapa da emissão do sistema radicular
seminal ou temporário, que são as raízes de duração
curta, oriundasdiretamente da semente.



Esse crescimento
diminui até o início do
estádio V3 (3 folhas
desenvolvidas).

G ERMINAÇÃO E E MERGÊNCIA


EM CONDIÇÕES ADEQUADAS:




EM CONDIÇÕESDESFAVORÁVEIS - BAIXA
TEMPERATURA E POUCA UMIDADE:




se dá com 4 a 5 dias após a semeadura

pode retardar para até duas semanas

A lentidão da germinação predispõe a planta ao ataque
defungos do solo e por isso o plantio em condições de
umidade e temperatura ideal é fundamental.

G ERMINAÇÃO E E MERGÊNCIA


O ponto de
crescimento da planta
de milho neste estádio
estálocalizado de 2,5 a
4,0 cm abaixo da
superfície do solo e a
partir dessa
profundidade se
origina o sistema
radicular definitivo do
milho (raízes nodais ou
fasciculadas).

E STÁDIO V 3


Oestádio V3 corresponde a 3
folhas desenvolvidas.



Ocorre aproximadamente 2
semanas após a emergência



A planta se encontra com
pouco caule formado e o
crescimento se dá debaixo do
solo,com o desenvolvimento
das raízes fasciculadas.

E STÁDIO V 3


Nessa etapa se definem todas as folhas e espigas
que a planta irá produzir, ou seja, a definição do
potencial produtivo.

É importante então:


Disponibilidade de água



Controle de ervas daninhas



Evitar o encharcamento do solo - pode matar a
planta em poucos dias.

E STÁDIO V 6
NESTE ESTÁDIO:
o ponto de crescimento e o pendão estão acima do nível
do solo - Inicia -se um período de elongação acelerada
do colmo.

E STÁDIO V 6


A falta d’água pode ocasionar:


encurtamento deinternódios



diminuição de acúmulo de açucares no colmo (colmo
finos)



menor porte



menor área foliar



aparecimento da lagarta do cartucho

E STÁDIO V 3

AO

V8...
tracking img