Drogas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (262 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
A cocaína é uma substância psicoativa que atua no sistema de recompensa cerebral (brain reward system), através da recaptação de neurotransmissores tais como anoradrenalina, serotonina e dopamina. Embora outros neurotransmissores também estejam envolvidos no processo, acredita-se que o bloqueio da recaptação da dopamina leva a umaumento da concentração deste neurotransmissor na fenda sináptica (espaço entre os neurônios), fenômeno responsável pelas sensações de euforia e prazer associadas ao uso dadroga (Nathan et al., 1998). Em longo prazo, no entanto, acredita-se que ocorra uma diminuição na disponibilidade de neurotransmissores e comprometimento de receptores,processos que podem estar associados à anedonia (ausência de prazer), ansiedade, diminuição da energia e vários problemas cognitivos (Lacayo, 1995; Cadet e Bolla, 1996; Baumannet al., 2004). Este capítulo tem o objetivo de revisar os principais achados neste campo, assim como o impacto das alterações neuropsicológicas no tratamento dos dependentesde cocaína.
O crack é um flagelo grave, precisa ser combatido com medidas enérgicas mesmo. Deve tornar-se objeto de uma cruzada nacional. Está destruindo nossa juventude,afetando milhões de famílias e comprometendo o nosso futuro. Um levantamento do CNM constatou que a droga está presente em 98% dos municípios brasileiros. Ou seja, dominoutudo. O governo não tem um número oficial de dependentes, mas a estimativa é a de que ele chegue aos 2 milhões. Sabemos que a droga vicia, principalmente, os jovens dascamadas mais pobres, embora famílias de classe média também estejam sofrendo com a aniquilação de seus filhos bem-criados e bem-amados. Aliás, o crack chegou à infância.
tracking img