Dos impedimentos e das causas suspensivas da celebração do casamento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2166 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS

















DOS IMPEDIMENTOS E DAS CAUSAS SUSPENSIVAS DA CELEBRAÇÃO DO CASAMENTO



















GOIÂNIA
MARÇO/2011

















SISTEMAS ECONÔMICOS


Trabalho realizado no primeiroperíodo do Curso de Direito, da Universidade Católica de Goiás, na disciplina Economia Política I do departamento de Ciências Jurídicas com a finalidade de avaliação N1.














GOIÂNIA
MARÇO 2008
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO..........................................................................................................................4
SISTEMA ECONÔMICOCAPITALISTA................................................................................5
SISTEMA ECONÔMICO SOCIALISTA..................................................................................8
SISTEMA ECONÔMICO MISTO...........................................................................................10CONCLUSÃO..........................................................................................................................11
REFERÊNCIAS........................................................................................................................12


























INTRODUÇÃO

O objetivo deste trabalho é mostrar os modelos econômicos que já revigoraram no mundo, demonstrando seus conceitos, suas finalidades e falhas.Essa pesquisa irá revelar que não existe um sistema homogêneo eficaz e que transformações com certeza virão.





























SISTEMA ECONÔMICO CAPITALISTA


Capitalismo é o sistema econômico que se caracteriza pela propriedade privada dos meios de produção e pela liberdade de iniciativa dos próprios cidadãos. No sistema capitalista, as padarias,as fábricas, confecções, gráficas, papelarias etc., pertencem a empresários e não ao Estado. Nesse sistema, a produção e a distribuição das riquezas são regidas pelo mercado, no qual, em tese, os preços são determinados pelo livre jogo da oferta e da procura. O capitalista, proprietário de empresa, compra a força de trabalho de terceiros para produzir bens que, após serem vendidos, lhe permitemrecuperar o capital investido e obter um excedente denominado lucro. No capitalismo, as classes não mais se relacionam pelo vínculo da servidão (período Feudal da Idade Média), mas pela posse ou carência de meios de produção e pela livre contratação do trabalho e/ou trabalhadores.
São chamados capitalistas os países cujo modo de produção dominante é o capitalista. Neles coexistem, no entanto,outros modos de produção e outras classes sociais, além de capitalistas e assalariados, como artesãos e pequenos agricultores. Nos países menos desenvolvidos, parte da atividade econômica assume formas pré-capitalistas, exemplificadas pelo regime da meia ou da terça, pelo qual o proprietário de terras entrega a exploração destas a parceiros em troca de uma parte da colheita.
Outroselementos que caracterizam o capitalismo são a acumulação permanente de capital; a geração de riquezas; o papel essencial desempenhado pelo dinheiro e pelos mercados financeiros; a concorrência, a inovação tecnológica ininterrupta e, nas fases mais avançadas de evolução do sistema, o surgimento e expansão das grandes empresas multinacionais. A divisão técnica do trabalho, ou seja, a especialização dotrabalhador em tarefas cada vez mais segmentadas no processo produtivo, é também uma característica importante do modo capitalista de produção, uma vez que proporciona aumento de produtividade. O modelo capitalista também é chamado de economia de mercado ou de livre empresa.
A primeira fase de expansão do capitalismo confunde-se com a revolução industrial, cujo berço foi a Inglaterra, de...
tracking img