Dom casmurro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (514 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Titulo: Dom Casmurro

2. Autor: Machado de Assis

3. Editora Moderna

4. Narrator: Com que então eu amava Capitu, e Capitu a mim? Realmente, andava cosido ás saias dela, mas não me ocorrianada entre nós que fosse deveras secreto. Antes dela ir para o colégio, eram tudo travessuras de crianças; depois que saiu do colégio, é certo que não restabelecemos logo a antiga intimidade, masesta voltou pouco a pouco, e no ultimo ano era completa.

5. Espaço onde acontece: Terás entendido que aquela lembrança do imperador acerca da medicina não era mais que a sugestão da minha poucavontade de sair do Rio de Janeiro. Os sonhos do acordado são como os outros sonhos, tecem-se pelo desenho das nossas inclinações e das nossas recordações.

6. Tempo: Ia entra na sala de visitas quandoouvi proferir o meu nome e escondi-me atrás da porta. A casa era a da rua mata-cavalos, o mês novembro, o ano é que é um tanto remoto, mas eu não hei de trocar as datas a minha vida só para agradar aspessoas que não amam historias velhas; o ano era 1857.


7. Personagem: CapituDescrição física e Psicológica
Não podia tirar os olhos daquela criatura de quatorze anos, alta, forte e cheia, apertada em vestidos de chita, meio desbotado. Os cabelosgrossos, feitos em duas tranças, com as pontas atadas uma á outra, á moda do tempo, desciam-lhe pelas costas. Morena, olhos claros e grandes, nariz reto e comprido, tinha a boca fina e o queixo largo.8:Historia Verossimilhança:
O meu fim evidente era atar as duas pontas da vida, e restaurar na velhice a adolescência. Pois, senhor, não consegui recompor o que foi nem o que fui. Em tudo, se o rosto éigual, a fisionomia é diferente. Se só me faltassem os outros, vá; um homem consola-se mais ou menos das pessoas que perde; mas faltou eu mesmo, e esta lacuna é tudo. O que aqui está é, mal...
tracking img