Doc aps

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1711 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Prof. Alberto Ricardo Präss

A VELOCIDADE ESCALAR
O conceito de velocidade. Imaginemos que um jornal tenha enviado um
correspondente especial à selva amazônica a fim de fazer uma reportagem sobre o
Pico da Neblina, e suponhamos que após várias semanas de penosas marchas através
da floresta tropical o correspondente faça chegar à redação do jornal a informação de
que localizou uma triboextraordinária, da qual até mesmo as crianças de mais de 10
anos são capazes de percorrer, a pé, 5 km em apenas 10 s.
Julgamos que dificilmente a redação do jornal autorizaria, sem maiores
investigações e reservas, a publicação da notícia. Provavelmente julgaria que as
condições adversas reinantes na selva amazônica haviam provocado um desequilíbrio
nervoso em seu enviado... No entanto, se ainformação deste fosse a de que havia
descoberto uma tribo da qual até mesmo as crianças de mais de 10 anos eram capazes
de percorrer, a pé, 5 km, ou de andar a pé durante 10 s, a redação dó jornal não teria
ficado escandalizada, se bem que julgamos que também não publicariam a noticia,
agora por um motivo oposto ao primeiro: é demasiado banal o fato de que alguém
seja capaz de percorrer, a pé 5km, ou de que alguém seja capaz de andar a pé
durante 10 s.
O fato de não despertar interesse algum a notícia de que uma certa pessoa é
capaz de percorrer, a pé, 5 km, ou de andar a pé durante 10 s, enquanto que
despertaria interesse extraordinário a noticia de que existem pessoas capazes de
percorrer, a pé, 5 km em 10 s, mostra-nos objetivamente que existem situações nas
quais nãointeressa tanto saber qual a distância que um certo corpo, pode percorrer,
ou durante quanto tempo ele pode se mover, mas sim que importa saber qual a
relação existente entre a distância percorrida e o tempo durante o qual ela foi
percorrida. No caso da tribo amazonense relatado pela enviado especial do jornal
carioca, a experiência do pessoal da redação determinaria a não publicação do
informe, umavez que tal experiência lhes ensinou que é praticamente impossível
existir seres humanos capazes de se moverem, por seus próprios meios, com uma
velocidade (supersônica) de 0,5 km/s, ou seja, com uma velocidade de 1.800 km/h.
Foi então a grandeza física denominada velocidade o índice utilizado pelo pessoal da
redação do jornal para rejeitar a probabilidade de ser verídica a informação do seuenviado. Como tal índice desempenha um papel Importante na teoria da Mecânica,
vamos, a seguir, examinar cuidadosamente como ele é construído.

Suponhamos, para isto, que uma
pedra largada de um certo ponto passou,
num determinado instante t, por um ponto
1, e algum tempo após, isto é, no instante
t f = t i + ∆t , a pedra passou por um outro
ponto, 2. Conseqüentemente a pedra,
durante oIntervalo de tempo
∆t
compreendido entre os Instantes t i e t f ,
sofreu um deslocamento

∆x = x f − x i
Chamaremos, por convenção, velocidade
escalar média da pedra ou rapidez
(speed em inglês),ou simplesmente,
velocidade média da pedra, entre os
instantes t i e t f = t i + ∆t , a razão entre o
deslocamento
∆x e o intervalo de
tempo ∆t o durante o qual ele ocorreu.Representando-se

por

v

a

velocidade

média

da

pedra,

entre

os

instantes t i e t f = t i + ∆t , poderemos escrever então, por definição, que:

v=

∆x
∆t

Por exemplo: se um automóvel foi do Rio a São Paulo em 6,0 h, viajou com
uma velocidade média de 72 km/h, pois que sendo de 432 km a distância entre essas
duas cidades (distância esta contada sobre a rodovia), vem, dadefinição de velocidade
média, que:

v = 432 km/6,0 h = 72 km/h .
Geralmente estaremos interessados, no entanto, não na velocidade média

v

de um corpo, entre os instantes t i e t f , mas na sua velocidade v exatamente no
Instante t. Muito grosseiramente poderemos dizer que a velocidade v de uma
partícula, no instante t, é igual à sua velocidade média v entre os instantes

t i e t f = t i...
tracking img