diversidade cultural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1075 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de março de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto










































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO
Na atualidade, porém, a diversidade social se complexificou tendo em conta alguns fenômenos que contribuíram para a sua expansão. Dentre estes fenômenos, os mais relevantes são a globalização e os movimentos migratórios que,ao aproximarem os povos e as culturas contribuem para a diversificação das formas de estar e de ser dos humanos num mesmo território.
Segundo Furquim (1993, p.12), e material estudado em sala de aula, a cultura é passada de geração em geração. Para a socialização na escola, é preciso mostrar que a cultura compreende a totalidade das criações humanas que incluem idéias,valores, manifestações artísticas de todo tipo, crenças instituições sociais, instrumentos de trabalho, modo de vestir, modo de falar, vida social, política, etc...
Nas salas de aulas atuais, cruzam-se estudantes de meios familiares diversificados, de diferentes realidades socioeconômicas, culturais, linguísticas; de diferentes raças, cor da pele, gênero, convicçõesreligiosas, ritmos e estilos de aprendizagens entre outras.
“Nossa escola preocupa-se com o desenvolvimento dos educando de forma heterogenia, proporcionando um ensino mais humano e ético com prática educativa adequada às necessidades sociais, políticas, econômicas e culturais da realidade brasileira, que considere os interesses e as motivações dos alunos e garanta aaprendizagem essencial, critica e participativa, direcionando para a democratização do ensino e das relações pessoais e de todos os envolvidos no processo educacional. Esta democratização oportunizará a todos o acesso ao saber de qualidade.” (Diretora Nice - EMANF)
Cabe ao campo educacional na sua especificidade proporcionar o pleno desenvolvimento da pessoa visando àemancipação humana e social, bem como sua qualificação para o trabalho, isto é, a formação dos cidadãos participativos, autônomos, argumentativos e reflexivos, conhecedores e capazes de praticarem seus direitos e deveres em uma sociedade democrática, fundada nos princípios da justiça social e da igualdade.
Em síntese, a escola, para exercer a função social, precisa formarsujeitos conscientes de sua ação histórica na construção de uma sociedade mais justa e humana, instrumentalizando-os culturalmente, considerando as expectativas e as necessidades dos alunos, dos pais, dos membros da comunidade, dos professores, enfim, dos envolvidos diretamente no processo educativo. É nesse universo que o aluno vivencia situações diversificadas que favorecem o aprendizado, paradialogar de maneira competente com a comunidade, aprendendo a respeitar à diversidade existente e a ser respeitado, a ouvir e a ser ouvido, a reivindicar direitos e a cumprir obrigações, a participar ativamente da vida cientifica, cultural, social e política do País e do Mundo.


2 DESENVOLVIMENTO

A coletividade educacional, tendo como inspiração os ideais expressosnos valores fraternos de solidariedade e respeito pela vida, se propõe a educar a criança para sua realização pessoal, buscando sua autonomia, visando aquisição de habilidades para a vida no trabalho, atuando de maneira que a criança possa desenvolver de maneira critica, tornando responsável e consciente para tomar suas decisões. Assim, aprendemos a respeitar as diferenças culturais.Ao se propor as relações culturais como um dos Conteúdos Estruturantes para o estudo da Historia, entende-se a cultura como aquela que permite conhecer os conjuntos de significados que os homens conferiram a sua realidade para explicar o mundo.
O estudo das relações culturais deve considerar a especificidade de cada sociedade e as relações entre elas. O...