Diversidade cultural e desigualdade social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5455 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
More…
Diversidade Cultural Desigualdades Sociais — Document Transcript
1. DIVERSIDADE CULTURAL E DESIGUALDADES SOCIAIS: Primeiras aproximações. Maria Regina Clivati Capelo - Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) Diversidade, pluriculturalidade, multiculturalidade entre outras designações similares ressaltam as diferenças ou características singulares que os grupos sociais possuem quandocomparados entre si. A diversidade supõe o seu contrário - a monoculturalidade - que, por sua vez, omite processos de disputas entre culturas diferentes pois a predominância de uma cultura implica que as demais sejam apagadas ou silenciadas. Por que atualmente se fala em diversidade? Numa sociedade de liberalismo globalizado, como conciliar a antinomia entre o direito universal à igualdade e orespeito às diversidades culturais. Analisar a diversidade sócio-étnico-cultural significa entender, em primeiro plano, que na situação de classe agregam-se outras condições tais como: pertencimento étnico, diferenças etárias, de gênero, geográficas, religiosas, de visões de mundo, projetos individuais, desejos, valores, experiências vividas e ressignificadas etc. As diferenças culturais encontram-seagregadas à condição de classe social, portanto não se trata de categorias que se opõem e nem de categorias que possam ser substituídas uma pela outra. Existem situações entendidas como culturais que são usadas para manter certos segmentos sociais na exclusão. Portanto, classe social, origem étnica e situação cultural fazem parte de uma totalidade, na qual as diferenças são transformadas emdesigualdades, mas não aparecem como tal. Cultura é “ato, efeito ou modo de cultivar”, daí provém a palavra agricultura ou o mesmo que “cultivar os campos”. Enquanto o agricultor pisa na terra para plantar, também planta saberes e fazeres em sua própria cabeça e no seu corpo. Isto significa que cada um de nós pensa a partir do chão em que pisamos. Por isto afirma-se existirem tantas culturas quantos foremos modos de vida dos grupos sociais. Sendo assim, cultura é o mesmo que conhecimento compartilhado, modos de viver, instrumento mediador (entre seres humanos e o meio ambiente), sistema de participação, sistema de valores e de criações de um povo ou de grupos sociais. Trata-se de um “sistema organizado de
2. símbolos significantes”1 que dirige o comportamento humano e é compartilhado pelosmembros de uma dada sociedade ou grupo social, por isto refere-se à capacidade - e necessidade - que os seres humanos têm de aprender e de simbolizar suas relações, de constituir as identidades. Partindo desse conceito, pode-se dizer que os grupos sociais constituem muitas formas de simbolizar o mundo, por isto podemos falar em culturas no plural ou diversidade cultural. Embora a base social seja amesma, o modo de valorizar, simbolizar, classificar é diferente. Estamos inseridos num quadro em que a natureza é a mesma, no entanto o modo de apropriação é culturalmente determinado. Assim sendo, um capitalista vê uma floresta como fonte de lucro e para tanto não hesita em desmatá-la. Para os índios e povos da floresta ela é sagrada e deve ser preservada, pois é fonte de vida e não de lucro. Aexistência de muitas culturas não significa que uma seja superior, ou melhor, do que a outra. O problema é que na sociedade capitalista tudo é hierarquizado, as diferenças étnicas e culturais são transformadas em desigualdade. As desigualdades estão ligadas à condição econômica. Partilhamos da mesma sociedade, mas cada um vive conforme o salário que recebe. Somos sócios da mesma realidade, entretantoexistem sócios majoritários e minoritários: os que possuem em excesso e aqueles que vivem em condições de indigência. Esta é a sociedade de classes sociais que nomina e hierarquiza as pessoas conforme a quantidade de bens materiais. Ser pobre significa estar num lugar social desigual que impede o acesso a determinados bens e serviços. Ser pobre, negra, idosa e homossexual pode complicar ainda...
tracking img