Disturbios da aprendizagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 51 (12566 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A importância da família na aprendizagem do aluno |

Trabalho elaborado em 2004 -- Leonildo Correa
Resumo
A família é o primeiro grupo natural do homem e a principal responsável pelo seu desenvolvimento. Tudo o que ocorre no meio familiar se propaga pela vida do indivíduo. Isso também é válido para a aprendizagem e nas questões educacionais, podendo tanto contribuir para uma evoluçãoacelerada ou inibir completamente o desenvolvimento. Basta lembrar que os desvios comportamentais e os distúrbios de aprendizagem têm origem no ambiente familiar. Por isso é primordial compreender a família e sua interação com a comunidade escolar. Esta é a finalidade deste trabalho que procura esclarecer a natureza, a interação e os reflexos da família na escola e no aprendizado do educando. Apesquisa divide-se em 3 partes: 1) a família e o desenvolvimento infantil, 2) a família e a escola e 3) os resultados da pesquisa de campo sobre o tema. Enfim, a família é imprescindível não só para a construção de um indivíduo saudável, capaz e emocionalmente equilibrado, quanto para a evolução de sua inteligência e capacidade de aprender.
 
1. INTRODUÇÃO
A família é o primeiro grupo natural dohomem e a principal responsável pelo seu desenvolvimento. Tudo o que ocorre no meio familiar se propaga pela vida do indivíduo. Isso se aplica a todos os aspectos da constituição humana – físicos, emocionais e cognitivos. Por isso, esta instituição é chamada de cerne e célula mater da sociedade.
No âmbito educacional a importância da família é multiplicada. Interfere em todos os aspectos da vidaescolar do educando, seu comportamento, permanência na escola e capacidade de aprender, podendo tanto contribuir para uma evolução acelerada ou inibir completamente o desenvolvimento cognitivo do aluno. Basta lembrar que os desvios comportamentais e os distúrbios de aprendizagem têm origem no ambiente familiar.
Por isso é primordial compreender a família e suas repercussões e interação com acomunidade escolar. Compreender para interferir e solucionar as causas dos problemas e não apenas seus sintomas que são os desvios de comportamentos e os distúrbios de aprendizagem.
Logo, a finalidade desta pesquisa é esclarecer a natureza, a interação e os reflexos da família no desenvolvimento infantil e no âmbito escolar, principalmente no que se refere a aprendizagem do educando.
Para facilitar aabordagem da temática a pesquisa foi dividida em três partes. A primeira analisa os principais pontos que envolvem a família e a sua importância para o desenvolvimento infantil, para a formação da personalidade, para o ajustamento emocional e para o desenvolvimento cognitivo.
A segunda parte analisa as principais características do relacionamento entre a família e a escola, os conceitos deaprendizagem e seus distúrbios, assim como a interferência do ambiente familiar na origem ou na solução desses problemas. A terceira e última parte apresenta os resultados da pesquisa de campo que foi realizada sobre o tema, assim como a interpretação teórica, de acordo com a pesquisa bibliográfica, desses resultados.
Enfim, a família é imprescindível não só para a construção de um indivíduosaudável, capaz e emocionalmente equilibrado, quanto para a evolução de sua inteligência e de sua capacidade de aprender.
 
2. A FAMÍLIA E O DESENVOLVIMENTO INFANTIL
Na Índia, onde os casos de meninos-lobos foram numerosos, descobriram-se, em 1920, duas crianças, Amala e Kamala, vivendo com uma família de lobos. A primeira tinha um ano e meio e morreu um ano depois de ser descoberta. Kamala, de oitoanos de idade, viveu até 1929. Porém, estas crianças não tinham nada de humano. Caminhavam de quatro, apoiando-se sobre os joelhos e cotovelos, sem contar que uivavam como os lobos. Eram incapazes de permanecer em pé. Só se alimentavam de carne crua ou podre. Kamala viveu oito anos na instituição que a acolheu, humanizando-se lentamente. Ela necessitou de seis anos para aprender a andar e pouco...
tracking img