Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (287 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O direito comercial e o novo código civil Brasileiro
Janeiro de 2002 foi promulgado o novo código civil brasileiro(lei 10.406,janeiro de 2002).Depois de um longo tempo em trâmiteno Congresso Nacional,sendo o projeto de 1975(Projeto n°634/75).O novo código civil traz matéria de direito civil e comercial.O novo código civil começou a vigorar em janeiro de2003,trouxe modificações na área comercial e empresarial ,revogando a primeira parte do código comercial de 1850,e permaneceu no código vigente a segunda parte que regula ocomércio marítimo.(Biermann,Alexandre Luiz rocha.As sociedades empresarias e o novo código civil.jus navigandi,Teresina,ano 8,n°94,5 out,2003. Disponível em<http://jus.com.br/revista/texto/4290>.
Houve várias discussões sobre a inserção das normas fundamentais do direito comercial no Código Civil.Se esta inserção levaria a extinção do direito comercialou se as normas fundamentais do direito comercial perderiam sua autonomia jurídica com a vigência do novo código civil.Mas,para sanar nossas dúvidas é necessário que possamosentender e não confundir autonomia formal e autonomia ciêntifica,pois são compartimentos estanques entre si.A autonomia formal decorre da existência de um corpo legislativodiferenciado e a autonomia ciêntifica de um ramo do direito que decorre de vários outros aspectos,como :institutos próprios e exixtência de princípios.E para Octavio de Médice ex –professorda faculdade de direito de Bauru,o problema da autonomia é questão superada.Para ele o direito comercial “é um ramo do direito privado,autônomo e especializado,embora não se oponhaaos outros ramos do mesmo campo”.

1.
2.
3.
1.
2.
3.
4.
|
Parte superior do formulário

Parte inferior do formulário
tracking img