Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (283 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
AULA TEÓRICA - AÇÕES POSSESSÓRIAS

1.Objeto: As ações possessórias têm por objeto a tutela jurídica da posse (v. arts. 1.196 e s.s do CC). Assim, nelas não se discutea propriedade, podendo ser manejadas pelo possuidor até mesmo contra o proprietário, ”verbi gratia” pelo usufrutuário frente ao nu-proprietário, pelo locatário frente aolocador, etc.

Distinguem-se, portanto, das ações petitórias, que versam sobre a propriedade, o domínio, como a ação de reivindicação ou a ação de imissão de posse,processadas no rito comum (ordinário ou sumário). Ações possessórias típicas são as de manutenção e de reintegração de posse (arts. 926 a 931 do CPC) e os interditosproibitórios (arts. 932 e 933, CPC).

Diferem da ação de embargos de terceiro porque esta, embora tenha por objeto a posse, deve ser manejada estritamente contra atoconstritivo judicial.

2. Considerações gerais de interesse processual sobre a posse:

A posse, segundo Maria Helena Diniz, é o poder imediato ou direto, que tem a pessoa dedispor fisicamente de um bem com a intenção de tê-lo para si e defendê-lo contra a intervenção ou agressão de outrem (in Dicionário Jurídico, volume III), salientando ainfluência da Carl Von Savigny nesse conceito tradicional (o “corpus”, ou o poder físico sobre a coisa, e o “animus domini”, ou o “animus rem sibi habendi”.

O art.1.196 do CC equipara a posse ao exercício de um dos direitos inerentes à propriedade.

Na sua dimensão objetiva a posse poderá ser justa ou injusta: no primeiro caso,(I) quando adquirida em conformidade com o direito; no segundo caso (II) quando adquirida de forma violenta, clandestina ou precária (arts. 1.200 e 1.208 do CC).
tracking img