Direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (413 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Danos Morais e Materiais e Responsabilidade Civil
A teoria da responsabilidade civil está construída sobre a reparação do dano. Tal princípio emerge do art. 159, do Código Civil Brasileiro: “aqueleque por ação ou omissão voluntária, negligência ou imprudência violar direito ou causar prejuízo a outrem, fica obrigado a reparar o dano”.
Negligência: s.f. Falta de cuidado, de aplicação, deexatidão; descuido, incúria, displicência, desatenção.
Dir. Falta não intencional daquele que se omitiu no cumprimento de um ato que lhe incumbia.
Imprudência: Falta de cuidado de Cautela
“O homemprudente não diz tudo quanto pensa, mas pensa tudo quanto diz.”
-- Aristóteles
Responsabilidade Civil é a obrigação de reparar o dano causado
Responsabilidade civil é a obrigação de reparar o dano queuma pessoa causa a outra. Em direito, a teoria da responsabilidade civil procura determinar em que condições uma pessoa pode ser considerada responsável pelo dano sofrido por outra pessoa e em quemedida está obrigada a repará-lo.
A reparação do dano é feita por meio da indenização, que é quase sempre pecuniária. O dano pode ser à integridade física, aos sentimentos ou aos bens de uma pessoa.Responsabilidade subjetiva e Responsabilidade objetiva
A teoria clássica da responsabilidade civil aponta a culpa como o fundamento da obrigação de reparar o dano. Conforme aquela teoria, não havendoculpa, não há obrigação de reparar o dano, o que faz nascer a necessidade de provar-se o nexo entre o dano e a culpa do agente.

Mais recentemente, porém, surgiu entre os juristas uma insatisfaçãocom a chamada teoria subjetiva (que exige a prova da culpa), vista como insuficiente para cobrir todos os casos de reparação de danos: nem sempre o lesado consegue provar a culpa do agente, seja pordesigualdade econômica, seja por cautela excessiva do juiz ao aferi-la, e como resultado muitas vezes a vítima não é indenizada, apesar de haver sido lesada. 

O direito passou então a desenvolver...
tracking img