Dicionario de sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (2000 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
DICIONÁRIO DE SOCIOLOGA

ALIENAÇÃO. Processo que deriva de uma ligação essencial à acção, à sua consciência e à situação dos indivíduos, pelo qual se oculta ou se falsifica essa ligação de modo que o processo e os seus produtos apareçam como indiferentes, independentes ou superiores aos homens que são, na verdade, seus criadores. No momento em que a uma pessoa o mundo parece constituído decoisas – independentes umas das outras e não relacionadas – indiferentes à sua consciência, diz-se que esse indivíduo se encontra em estado de alienação. Condições de trabalho, em que as coisas produzidas são separadas do interesse e do alcance de quem as produziu, são consideradas alienantes. Em sentido amplo afirma-se que é alienado o indivíduo que não tem visão – política, económica, social – dasociedade e do papel que nela desempenha.
ANOMIA. Ausência de normas. Aplica-se tanto à sociedade como a pessoas: significa estado de desorganização social ou pessoal ocasionado pela ausência ou aparente ausência de normas.
ANTINOMIA. Situação em que as normas de um grupo ou sociedade são contraditórias ou opostas entre si.
CAPITALISMO. Sistema em que os meios de produção são de propriedadeprivada de uma pessoa (ou grupo de pessoas) que investe o capital; o proprietário dos meios de produção (capitalista) contrata o trabalho de terceiros que, portanto, vendem a sua força de trabalho para a produção de bens. Estes depois de vendidos, permitem ao capitalista, não apenas a recuperação do capital investido, mas também a obtenção de um excedente - o lucro. Tanto a compra dos meios e factoresde produção quanto a venda dos produtos, resultantes da actividade empresarial, realizam-se no mercado de oferta e procura de bens e serviços, existente na sociedade capitalista.
CLASSE SOCIAL. É um agrupamento legalmente aberto, mas na realidade semifechado; solidário; antagónico em relação a outras classes sociais; em parte organizado, mas principalmente semi-organizado; em parte consciente dasua unidade e existência, e em parte não; característico da sociedade ocidental a partir do Século XVIII; é multivinculado, unido por dois liames univinculados, o ocupacional e o económico (ambos tomados no sentido mais lato) e por um vínculo de estratificação social no sentido da totalidade dos seus direitos e deveres basicamente diferentes das outras classes sociais (Sorokin).
COMUNISMO. Comoo socialismo (veja SOCIALISMO), o comunismo é mais uma doutrina económica do que política. Consiste numa filosofia social ou sistema de organização social baseada no principio da propriedade pública, colectiva, dos meios materiais de produção e de serviço económico; encontra-se unido a doutrinas que se preocupam em formular os procedimentos mediante os quais pode ser estabelecido e conservado. Sobeste aspecto, difere do socialismo, por preconizar a impossibilidade da reforma e de a sua instauração em medidas fragmentárias e de carácter lento. Outro ponto de discordância apresenta-se no que se refere ao rendimento: se ambos os sistemas consideram válidos os rendimentos advindos do trabalho (não aqueles, porém, que derivam da propriedade), o socialismo admite que o rendimento seja medidopela capacidade pessoal ou pelo rendimento social manifestado pela competência dentro do sistema colectivo, ao passo que o comunismo aspira suprimir até mesmo este último tipo de competência: o lema comunista é "de cada um segundo a sua capacidade e a cada um segundo as suas necessidades". Nenhum dos países simplificadamente denominados comunistas, atingiram este estágio; ficaram na fase de"ditadura do proletariado" ou "democracia popular". Aperestroika, palavra russa que significa reestruturação e que designa a política iniciada por Gorbachov na ex-URSS, marcou o princípio do fim destes regimes.
CONTROLE SOCIAL. Conjunto das sanções (veja SANÇÕES) positivas e negativas a que uma sociedade recorre para assegurar a conformidade das condutas aos modelos estabelecidos (Rocher). O controle...
tracking img