Dicas de estudo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1606 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Tem tempo que venho pensando em colocar minha experiencia aqui, como uma forma de contribuir para demonstrar que há várias maneiras de se atingir o objetivo, mas com a correria do dia a dia, nunca sobra tempo.

Agora vai, a partir de um e-mail que tinha encaminhado para alguns amigos, que segue abaixo.

Bem, eu estava devendo a vocês um compartilhamento de bibliografia e estratégias queacabei seguindo no concurso agora.

Quanto a bibliografia, acho que não tem muito mistério, ao menos para a primeira fase. É trabalhar Pacelli em Processo Penal, dialogar com autores minimamente respeitados em penal (eu trabalhei com Bittencourt e deu certo, dialoguei um pouco com o Luiz Régis Prado e temperei pouco, bem pouco mesmo, com o Zaffa), o mesmo em civil(Stolze é mais resumido, se tiverquerendo aprofundar, vai de Cristiano Chaves). Em processo civil fui de Didier, acho que ajudou muito, mas é sempre bom lembrar do Marinoni para uma abordagem principiológica e do Mazzili para coletivo. Em constitucional foi Barroso e Gilmar para a parte mais legal (controle, teoria) e sim, ele, Lenza, para o decoreba de competências, atribuições, legislativo, tudo isso. Quando se tem uma base emTeoria da Constituição e do Estado dá pra usar ele pra esses pontos, por mais que doa. Administrativo foi o Carvalhinho (Carvalho Filho), Ambiental foi um pouco do Milaré e do Morato Leite, DIP/Privado o livro do Marcelo Varela; Proteção Internacional dos Direitos Humanos os livros do Carvalho Ramos e o manual da ESMPU; Eleitoral foi lei seca e o livrinho da Juspodium; Tributário foi o livro doSabagg mesmo e financeiro do Hirada, mais texto de lei, obviamente.

Bem, resumi bastante aqui a bibliografia, porque o mais importante é como lidar com ela. E todo esse meu processo passou por uma coisa só: autoconhecimento.

Quando eu me formei, mesmo optando por uma carreira acadêmica e indo fazer mestrado, também prestei concursos para a AGU, e sempre levando pau. Obviamente, do auto da minhaarrogância de recem formado em universidade federal, tinha certeza que o problema não era meu, mas do concurso e do azar de ter caído o que eu tinha focado, afinal, tinha seguido todo o roteiro decoreba pré-concurso, tinha feito cursinho e tudo, como assim eu estava indo tão mal? Afinal, eu tinha base, era só questão de direcionar...ou não?

Quando fui estudar para os concursos para a UFMS e paraa UFG em 2009, em um esquema completamente NÃO decoreba e que envolvia matérias que eu tinha afinidade, pude ver que eu tinha sim lacunas sérias de conteúdo a serem supridas. Ou seja, o problema não era azar, não era ter focado errado, o problema é que eu não estava pronto. E não digo aqui uma visão quase metafísica de estar pronto não. Não estava pronto porque só tinha estudado a sério mesmo nagraduação Constitucional (em especial Teoria da Constituição) e Administrativo,e no mestrado Direito Civil. O resto era um conhecimento superficial e em muitos casos defasado.

Mudei então completamente a estratégia para estudar para a DPU no começo de 2010, não tendo a pretensão de esgotar o edital, me preocupando na verdade em suprir minhas deficiencias.Fiz isso de um jeito meio semsistematização, mas que foi um importante ponto de partida. Passei e não passei para a prova oral. Fui aprovado na segunda fase, mas por 5 vagas não entrei no universo dos que fariam a oral e, meio decepcionado, diminui bastante o ritmo de estudos e só voltei a estudar a sério em 2011.

E aí foi de novo autoconhecimento,foco e planejamento. Selecionei as matérias que tinha dificuldade, e agrupei juntandomatérias que eu não tinha afinidade nenhuma com outras que eu tinha afinidade. Então estudava tributário junto de constitucional (cada um em um turno), processo civil com processo penal, penal com consumidor. Sim, tudo isso eram matérias nas quais eu tinha grandes lacunas. E podem ter certeza, o mais dificil foi olhar no espelho, aceitar e mapear isso.

E aí estruturei planejamentos de médio e...
tracking img