Diabetes latente auto-imune no adulto (lada)

Páginas: 12 (2770 palavras) Publicado: 16 de junho de 2012
Ane Caroline de Almeida
Giceli Cristine de Souza
Janne Beatriz de Souza
João Batista Ferreira
José Benigno de Mouro Filho
Kalyana Cristina Fernandes de Queiroz

RESUMO: A diabete latente auto-imune do adulto (LADA) se manifesta como sintomas tardios e corresponde a 10% e/ou 12% dos diabéticos. Esta diretamente relacionada a prevalência de anticorpos anti-insulina(IAA),anti-descarboxilase do ácido glutâmico(anti-GAD), e as anti-ilhotas de Langerhans (ICA). Diante disso tal artigo tem como objetivo discutir a LADA a partir de um olhar interdisciplinar, utilizando os conhecimentos da Anatomia Humana, Bioquímica, Histologia, Embriologia, Biologia Celular, Metodologia da Assistência em Enfermagem e Psicologia em Saúde. Tal pesquisa é de cunho bibliográfico, pois se recorreu alivros, periódicos, artigos e revistas para explorar e conhecer as suas principais características.

Palavras-chave: Diabete LADA, Glicose, Células Betas, Insulina, Enfermagem. (Utilizem somente 03 palavras)

Abstract?

1 INTRODUÇÃO
A diabetes é considerada uma doença crônica que por sua vez pode afetar tanto a criança como o adulto. Sabe-se, no entanto, que existem vários tipos de diabetes,neste artigo iremos dá ênfase a diabete Alto-imune Latente do Adulto (LADA) que esta inserida no quadro de diabetes Mellitus tipo 1 e Segundo BRUNNER (1993) produz uma serie de manifestações crônicas devido a elevação por longo período da taxa de glicose sanguínea, ocasionando distúrbios metabólicos de carboidratos lipídios e proteínas. GILL (1991) complementa essa tese deixando claro que os sintomasda LADA podem aparecer como um sinal tardio da diabete, devido a elevada incidência dessa doença (como assim????)
Para explicar melhor o LADA, SILVA (2003) deixa claro que existe dentro da diabete mellitus tipo 1, (o que é o dibetes mellitus tipo 1??? Vocês não podem jogar as idéias sem explicar antes) um subgrupo de pacientes adultos com diabetes auto-imune, que manifesta mais tardiamente, e écaracterizada por longo período padromico assintomático,ou seja, ausência de sintomas agudos ou cetonúria, teor de corpo cetonico na urina para o diagnóstico ( o que vocês querem dizer com isso???  e preservação de função residual das células betas, simulando muitas vezes o diabetes mellitus tipo 2 (DM2), que se caracteriza como sendo..... (o que é então o diabetes tipo 2???).

2. Origem daDiabete Latente Auto-imune do Adulto (LADA).
Segundo GUEDES (2006), a diabete LADA, denominada como diabete mellitus tipo 1, é explicado por um processo que provoca a destruição das células betas de uma glândula que esta anexa no sistema digestório, conhecida como o pâncreas. Está não produz insulina, ou não produz com a quantidade suficiente, ou a insulina produzida é defeituosa, ou ainda não háreceptores para a insulina que é produzida.

Pessoal vcs dizem num canto que a ´LADA É DENOMINADA COMO diabetes mellitus tipo 1, em outro que é um subgrupo e assim segue, afinal de contas o que é? Deixem claro.
Sendo assim para entendermos melhor esse processo é preciso conhecer claramente a função da insulina no transporte de glicose para dentro das células. Segundo MURRAY (2006) além dosefeitos diretos sobre a hiperglicemia no aumento de capacitação de glicose pelo fígado, a insulina desempenha uma função fundamental na regulação da glicose sanguínea, visto que esse hormônio é produzido como uma resposta direta a hiperglicemia e essas células betas (que células betas? Até então vocês não falaram sobre elas) são fracamente permeáveis a glicose via o transportador GLUT 2 (O que significao GLUT 2?) que tem como função a captação e a liberação rápida de glicose no fígado, nas células pancreáticas betas, rim e intestino delgado, nele a glicose é fosforilada pela glicoquinase.
No entanto, o aumento de glicose sanguínea aumenta o fluxo metabólico através da glicose , ácido cíclico e a geração de ATP (o que é o ATP??) com a alta concentração de ATP, conseqüentemente inibe os...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Doenças auto-imunes: lupus e diabetes
  • Auto imune
  • Doença auto imune
  • Doença auto imune
  • doenças auto imune
  • Doenças auto imune
  • Doenças auto imunes
  • Doença Auto Imunes e Transplantes

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!