Manejo alimentar piscicultura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1026 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA RIO GRANDE DO SUL – CAMPUS SERTÃO
TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA

MANEJO ALIMENTAR

VITOR WOJAHN, JUNIOR CESAR CELSO
Turma 2
Prof. Juliana dos Santos
Piscicultura
Sertão RS, maio de 2011.

O presente trabalho visa explicar sobre o manejo alimentar em pisciculturas.Sua importância e formas de utilização.

Manejo alimentar

Alimentação

É uma das principais variáveis para o sucesso de uma piscicultura. Dependendo do sistema de cultivo a contribuição do alimento natural pode ser maior ou menor, mas além de poder ser veículo de doenças e deteriorar-se com rapidez não se tem controle de seu valor nutritivo.
A alimentação artificial deve ser feita parasuprir todas as exigências nutricionais da espécie cultivada e varia de acordo com a espécie criada.

Necessidade alimentar

Os peixes, por serem organismos aquáticos, precisam que as rações sejam processadas, para reduzirem as perdas de nutrientes por lixiviação. Portanto, em uma criação de peixe intensiva, a produção de ração na propriedade rural torna-se prática e economicamente difícil, peladificuldade de aquisição da matéria prima e de maquinário para o processamento.
O peixe come mais à medida que a temperatura aumenta. Ainda não são conhecidas as necessidades nutricionais exatas dos peixes, mas, sabe-se que uma boa ração deverá conter proteínas (principal componente das células e tecidos), lipídeos (reserva de energia), aminoácidos essenciais (componentes da proteína), minerais(composição de escamas, ossos e carne) e vitaminas (facilitadoras da atividade metabólica e melhoram a nutrição do peixe).
Uma maneira prática de se verificar o consumo dos peixes e a necessidade ou não de aumento da quantidade de alimento fornecido é lançar a ração no tanque (no caso de rações peletizadas ou extrusadas) e observar os animais se alimentando. Quando começar a sobrar ração nasuperfície, significa que os peixes estão saciados e que aquela quantidade de ração foi suficiente.

Plano alimentar

É necessário elaborar um plano de alimentação que assegure um bom desenvolvimento com o menor custo possível e que controle o fornecimento adequado (em muitas ocasiões o alimento pode contribuir para o empobrecimento da qualidade do meio). A quantidade de alimento fornecida variade acordo com o tamanho dos peixes e com a temperatura.
O alimento deve ser fornecido em intervalos regulares , nos mesmos horários (verificar oxigênio dissolvido) e mesmo local, para que seja criado um condicionamento.

Peso do peixe (g) | Alimentação diária (% do peso vivo) |
50 | 12% |
50 - 200 | 6% |
200-800 | 3% |
800-2000 | 2% |
Para larvas o alimento é natural

Forma efornecimento da ração

As rações podem ser produzidas em formas trituradas fareladas; granulada ou peletizada; pastosa e extrusada, sendo as duas últimas as que proporcionam melhores respostas produtivas.
Podemos também observar  o hábito alimentar dos peixes, se ele é de fundo, meia água ou prefere viver na superfície, portanto, observar o tipo de ração a ser oferecida.
A temperatura da águatambém influencia no consumo, por exemplo, águas mais frias, menos quantidade de ração, e também o peso corpóreo dos animais e a espécie a ser criada influenciam no número de arraçoamento diário.
As rações podem ser fornecidas através de cochos submersos, por meio da biomassa estocada ou alimentadores automáticos.

Cochos submersos

Permitem a dosagem exata de acordo com o consumo, mas , emcontrapartida, promovem a diluição dos nutrientes pela água.

Biomassa estocada

Lançamento da ração sobre o viveiro, que é reajustada semanalmente conforme a variação de peso dos peixes, realizada por meio de uma amostragem do peso dos peixes estocados.

Alimentadores automáticos

Existem os regulados por timer e os que funcionam acionados pelo próprio peixe, conforme sua fome, fica...
tracking img