Diabetes gestacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1398 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1- Referencial Teórico
2.1- Diabetes Mellitus

Diabetes Mellitus é uma síndrome de insuficiência de carboidratos, gordura, proteína e metabolismo causado por uma falta da secreção de insulina ou diminuição da sensibilidade dos tecidos à insulina.

A insulina, uma hormona produzida pelo pâncreas, é a principal substância responsável pela manutenção dos valores adequados de açúcar no sangue.Facilita a absorção da glicose pelo tecido muscular esquelético e pelas células do tecido gorduroso de modo que estas produzam energia ou armazenem a glicose até que a sua utilização seja necessária (Guyton A. C, 2001, p. 651).

O pâncreas é composto por dois tipos de tecido: os ácinos (porção exócrina), que secretam sucos digestivos para o duodeno, e as ilhotas de Langerhans (porçãoendócrina), que secretam insulina e glucagon diretamente no sangue. As ilhotas são compostas por três tipos principais de células, as células alfa α (produtoras de glucagon), as células beta β (produtoras de insulina) e as células delta δ (produtoras de somatostatina que inibi a secreção da insulina e do glucagon, diminuindo o efeito hiper hipoglicemiante).
Este hormônio possui ação antagônica à insulina,com a decomposição do glicogênio hepático (glicogenólise) e o aumento da gliconeogênese. O aumento da glicose sanguínea inibe a secreção de glucagon.
Imediatamente após uma refeição o organismo está pronto para receber a glicose, ácidos graxos e aminoácidos absorvidos dos alimentos. A presença dessas substâncias no intestino estimula as células β liberarem insulina no sangue e impedir as célulasα de secretarem glucagon. Os níveis de insulina no sangue começam a subir e agem sobre as células (particularmente do fígado, adiposas e musculares) para que absorvam as moléculas de glicose, ácidos graxos e aminoácidos que estão entrando convertendo em glicogênio; Essa ação da insulina impede que a concentração de glicose no sangue aumentem substancialmente na corrente sangüínea. Como resultadodessas ações, há a queda gradual da glicemia (hipoglicemia) que estimula as células α a liberar o glucagon e a inibição de secreção de insulina das células β. Os níveis de glucagon no sangue aumentam. Ele age sobre os tecidos do fígado, músculos e rins para mobilizar glicose a partir de glicogênio.
Em pessoas normais, a concentração sanguínea de glicose é mantida dentro de limites muitoestreitos, em geral na faixa de 80 a 90 mg/dl de sangue quando em jejum podendo chegar a 140 mg/dl após uma refeição.
Quando há a falta de insulina ou resistência à insulina afeta o organismo as células não absorvem glicose da corrente sangüínea (com excessão do cérebro), aumentando a glicose na corrente sanguínea, como não tem glicose proveniente do sangue entrando nas células, as células α secretamglucagon quebrando o glicogênio armazenado e liberando mais glicose no sangue.
O diabetes Mellitus é um estado de hipoinsulinismo absoluto ou relativo. O metabolismo celular funciona como se o paciente estivesse constantemente em estado de jejum, apesar de alimentado.
Segundo a AD A (American Diabetes Association), em conjunto com a OMS, o diabetes mellitus é classificado em:
* DiabetesMellitus I: Caracterizado pelo hipoinsulinismo absoluto, há uma destruição completa ou quase completa das células beta das ilhotas de Langhans. Neste caso, o metabolismo modifica-se para um estado catabólico excessivo, exacerbando sobremaneira as reações típicas do estado de jejum.
* Diabete Mellitus do tipo II ou não insulino-dependente: Não há destruição das células beta das ilhotas de Langhans,porém, ocorre uma hipossensibilidade dessas células à glicose (disfunção de células beta), bem como uma resistência periférica à ação da insulina.
* Outros Tipos Específicos de Diabetes Mellitus:
* Diabetes Mellitus Gestacional

2.2- Diabetes Gestacional

A gravidez normal caracteriza-se por uma leve hipoglicemia em jejum, hiperglicemia pós-prandial e hiperinsulinemia. Logo no...
tracking img