Deuses egipcios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5834 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Deuses Egípcios.
Criação do mundo por Rá – Cosmogonia Heliopolitana.

Os egípcios imaginavam que o céu era uma deusa; Nut. Representavam-na como uma vaca assente sobre a terra. E que abaixo dela, no meio do oceano estaria Geb, o deus da terra, debruçado. Mas ainda sim, de onde teriam surgido?
No princípio de tudo, era o caos, Nun, que era representado pelas águas do Nilo, sempre turbulentas,que dentro se ocultava Atum, em um botão de Lótus, e esse se manifestou sobre o caos na forma de Rá e teria se unido com a sua própria sombra, – através da masturbação- criando assim dois filhos: Shu, deus do ar e a deusa da umidade, Tefnut. A união dos dois teria gerado posteriormente, Geb e Nut.
Atum criara seus filhos Shu e Tefnut dentro das águas de Nun, e quando eles decidiram separar-se daságuas trasnsbordantes de Nun, Atum teria enviado seu olho, que dizia a lenda, era seu único olho, e o mesmo seria independente, para vigiá-los. Enquanto o olho andara a procura dos deuses, Atum o teria substituído por outro, e quando eles retornaram, o olho teria ficado furioso, e Atum o teria colocado no sobreolho, onde ele poderia governar todo o mundo que ele iria criar. Com o retorno dos seusfilhos, Atum teria chorado de emoção e de suas lágrimas nasceram os homens. Com o regresso, Atum teria decidido criar o mundo e abandonar as águas de Nun.
Geb e Nut, céu e terra, por sua vez, eram pais de 4 filhos, Ísis, Ósiris, Neftis e Set. Hórus teria nascido da união de Ísis e Ósiris. Porém Atum ou Rá era contra a união de Geb e Nut, e teria deixado Shu, vigiando para que nada acontecesse.Após a descoberta dos filhos por Shu, ele interpôs-se entre eles, ou seja, o ar era responsável pela sustentação do céu sobre a terra, ficando entre eles.

Assim teria sido, de acordo com a visão dos sacerdotes de Heliópolis, a qual era chamada de “Primeiro Tempo”, época onde os Deuses teriam vivido e reinado aqui, a idade do ouro, onde o principio da justiça reinavam. Se o sucessor dessesdeuses, o faraó, pudesse manter o equilíbrio, as condições atuais do Egito poderiam se comparar a idade do ouro e o Egípcios iriam aceitar de bom grado o seu lugar e o seu papel mantendo a força do faraó.






As divindades


A autora Veronica Ions, em seu livro “Egipto”, nos coloca a divisão dos deuses em 4 tempos e aqui baseamo-nos nele:
- Divindades dos primeiros tempos;
-Divindades protetoras dos faraós e do reino;
- Divindades da morte;
- Divindades da criação.
Iremos agora exemplificar os principais deuses de cada tempo, uma vez que a mitologia egípcia nos proporciona diversas versões de como seria a formação dos deuses, do mundo, surgimento, e seus nomes, iremos nos basear na cosmogonia heliopolitana, pois eles teriam sido os que mais se mais sepreocupavam com as doutrinas, mas ainda sim, todas as cosmogonias têm pontos em comum de como teria surgido o universo e dos deuses relacionando-se com a natureza, da mesma forma.
















Divindades dos primeiros tempos

NUN
Era o caos, de onde teria sido eminente a criação, guardado por quatro rãs bissexuais e divindades com cabeças de serpentes. Atum teriavindo dele, por isso era chamado de “pai dos deuses” embora o filho fosse superior a ele. Era representado na forma de um homem barbado, às vezes com cabeça de rã.
ATUM
Deus primitivo de Heliópolis, representado como um homem barbado, muitas vezes idoso e inclinado para o horizonte. Como criador dos deuses e dos homens, e conseqüentemente da ordem divina na terra e nos céus, era chamado de“Senhor das duas terras”.

Deus que personifica o sol, primitivamente chamado de Atum. Era o pai dos deuses, seu chefe e rei. Também se acreditava que era o pai dos homens e de todos os outros seres vivos.
Enquanto Rá era novo e forte, mantinha um governo firme, e sua força na ordem divina era incontestável. Conforme ele envelhecia, diminuía seu poder; tornou-se velho de repente, e sempre...
tracking img