Egito antigo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1951 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Aluno: Gilcivan Torres Amazonas
Professor: Robeiton Gomes

1. O Divino e as Divindades no Antigo Egito.
1.1 A religião do antigo Egito evoca imagens de criaturas híbridas, com cabeça de animais e corpos humanos. Essas divindades tinham identidades e associações, figuram de maneira proeminente nos textos religiosos ao longo da história registrada do país, e fazem parte de um conjunto altamentecomplexo e sofisticado de crenças religiosas.
2. Concepções do Divino.
2.1 A concepção de divino no Antigo Egito são mais facilmente entendidas no período histórico, uma época em que as idéias podiam expressar-se em forma e substância. Foi então que as inscrições de caráter religioso se tornaram frequentes.
2.2 Na medida em que a civilização dos egípcios se desenvolveu, ele passaram a fazercada vez mais registros e a documentar suas crenças em outras coleções de encantos. Os egípcios também produziam numerosos artefatos religiosos relativos às suas crenças e papiros ilustrados, capazes de fornecer informações adicionais aos estúdios modernos. Outros textos, cenas e objetos facilitam o estudo das concepções do divino no Antigo Egito.
2.3 Durante o período dinástico, os egípcioscompuseram e registraram muitos textos de caráter teológicos, que detalhavam a criação de seu universo e a origem das divindades e da humanidade.
2.4 Evidências arqueológicas vindas da época anterior à invenção da escrita sugerem uma concepção de divino mais desenvolvido. Essa Concepção incluía facilmente a presença de um ou vários seres divinos.
2.5 Antes da invenção da escrita não há evidênciastextuais que expliquem o significado de certos rituais e objetos associados aos mesmos. Com isso é necessário uma observação para entender a importância desses objetos. Apesar dos textos escritos serem de extrema importância pra o entendimento dessas crenças os arqueólogos concordam que textos não são a única maneira de estudar e interpretar essas crenças.
2.6 Não existi um consenso de quando oconceito de divino surgiu, nem sobre a forma que tomou. Teorias são apresentadas pelos antropólogos sobre o desenvolvimento dessas idéias nas frases principais da civilização. Mas as crenças dos egípcios eram fluidas até mesmo durante o período histórico e nunca foram consolidadas como fontes permanentes.
2.7 É plausível supor que o divino tenha sido concebido primeiramente como amorfo, e que oigradualmente visto em sua relação com os fenômenos naturais.
2.8 A sofisticação intelectual de conceber deus como uma pessoa foi alcançada somente com a introdução da escrita. Porem a evidencias de que os egípcios tinham uma Idea de poder ou força divina em termos humanos no período pré-dinástico.
2.9 Foi muito discutido a Idea de representação do divino em imagens humanas, em vez de naturais ouanimais.
2.10 O que parece mais significativo não é a forma assumida pelo conceito de divino, mas o fato de que esse conceito podia estar manifestado em uma imagem.
2.11 O reconhecimento de alguma espécie de força suprema foi a primeiro passo na tentativa de se distinguir o individuo do mundo em que vivia, esse passo também foi dado para se conquistar algum controle sobre os fenômenos danatureza.
2.12 Para a compreensão da população os antigos egípcios decidiram criar uma variedades de textos e objetos, pois só assim seria possível o reconhecimento e construção de uma crença religiosa.
2.13 Cada cultura determina a sua maneira as formas que são assumidas pelos seres supremos, mas em quase todas essas formas acabava sendo relacionada de alguma maneira com a do ser humano.
2.14 Quandoos elementos do cosmos e do ambiente eram representados de forma concreta, normalmente assumiam a forma humana. O gênero era quase sempre modificado.
2.15 O tipo de forma que foi usada pela primeira vez para concretizar uma força ou poder supremo é discutível. Sua forma freqüente e enigmática nem sempre pode ser reconhecida como humana, animal ou natural.
2.16 Embora as qualidades humanas...
tracking img