Destilador caseiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2065 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PAULISTA - UNIP ENGENHARIA BÁSICA










“Destilador Caseiro”









Fábio Aparecido Dias de Souza B4791A-5
Renata Cristina Arielo B3695G-3
Rhuan Alves de Oliveira B44734-6
Samuel Pereira Conegunes B26769-0
















2012
SumárioIntrodução..................................................................................................................3
Apresentação.............................................................................................................5
Materiais utilizados....................................................................................................6Procedimentos...........................................................................................................6
Impactos produzidos.................................................................................................7
Dissertação.................................................................................................................7Fotos............................................................................................................................9
Bibliografia................................................................................................................11
Introdução

O processo de destilação (do Latim 'de-stillare' que significa 'gotejar") consiste na separação de um líquido através da sua evaporação e condensação. A destilação é empregada para separar líquidos de sólidos nãovoláteis, assim como na separação de licores alcoólicos de matérias fermentadas, na separação de dois ou mais líquidos com diferentes pontos de ebulição, na separação de gasolina, petróleo e óleos lubrificantes extraídos a partir do crude. Outras aplicações industriais incluem a dessalinização da água do mar (extrair a salinidade da água para torná-la potável).
No século IV a.C., Aristótelessugeriu a possibilidade de se efetuarem destilações, tendo escrito que: "Através da destilação podemos tornar a água do mar potável e o vinho, assim como outros líquidos podem ser submetidos a este mesmo processo”. Com efeito, a destilação é um processo antigo, remontando ao ano 2000 a.C. Considera-se que as primeiras destilações se fizeram na China, Egito e na Mesopotâmia e tinham, sobretudo,propósitos medicinais, mas também visavam à criação de bálsamos, essências e perfumes. Na Mesopotâmia, por volta do ano 1810 a.C. a perfumaria do rei Zimrilim empregou este método para todos os meses fazer centenas de litros de bálsamos, essências e incensos de cedro, cipreste, gengibre e mirra. As destilações efetuadas visavam à produção de cosméticos, substâncias medicinais e substâncias utilizadasno embalsamamento de mortos e na realização de rituais espirituais. A rainha Cleópatra conhecia a arte da destilação e pensa-se que fez um relatório deste processo, texto esse que se perdeu. No século I, o físico grego Pedanius Dioscurides fez uma menção a este processo após ter observado a condensação na tampa de um recipiente, no qual tinha sido aquecido algum mercúrio.
Os historiadoresafirmam que o alambique foi, muito provavelmente, inventado por volta dos anos 200 ou 300 d.C., por Maria, a Judia ou por Zósimo de Panóplia, um alquimista egípcio cuja irmã, Theosebeia, inventou muitos modelos de alambiques e condensadores de refluxo. Outros afirmam que durante os séculos VIII ou IX, os alquimistas árabes planearam utilizar o alambique para obterem essências mais refinadasutilizadas nos perfumes, enquanto que outros alquimistas árabes o utilizaram para tentar converter metal em ouro. "Ambix” é uma palavra grega utilizada para designar um vaso com uma pequena abertura. Este vaso fazia parte do equipamento de destilação. Inicialmente os árabes mudaram a palavra “Ambix” para “Ambic” e chamaram “Al Ambic” ao equipamento de destilação. Mais tarde, na Europa, a palavra foi...
tracking img