Descarte de lixo na zona rural de mundo novo ms

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2252 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Analise quantitativa do descarte de lixo na zona rural de Mundo Novo MS

Diego Paganini1 e Fernando C. Canonice1.
1

Acadêmicos do 1º ano do curso de Tecnologia em Gestão Ambiental da Universidade

Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Mundo Novo, BR 163 km 20,2. E-mail: dhiegopaganini_4@yahoo.com.br RESUMO
O problema relacionado ao lixo vem se agravando desde aRevolução Industrial, mas aumenta em proporção assustadora atualmente, devido ao aumento da população e á grande variedade de embalagens da “era descartável”. Alem de o lixo domiciliar e comercial, a situação se agrava com a enorme quantidade de lixo industrial. O lixo é um material indesejado e inevitável onde todos procuram dele se livrar. Não se consegue parar de produzi-lo, todos os dias. Considerandoque a Área Rural costuma não receber a coleta de lixo por parte da Prefeitura ou órgão competente, alem da ausência de informações sobre o descarte de lixo. O estudo tem como objetivo levantar informações sobre destino do lixo na Área Rural de Mundo Novo – MS. Os resultados da pesquisa revelaram que o plástico em maior quantidade das respostas, é o tipo mais comum de lixo liberado por famíliasresidentes na zona rural. Este resultado exprime a importância de medidas de tratamento como à com postagem, para uma redução significativa da quantidade de lixo

Palavras–chave: lixo, comercial, área rural, coleta, informações, descarte.

INTRODUÇÃO O lixo é tudo aquilo que não serve mais e acaba sendo jogado fora (DUTRA, 2005). O Dicionário Aurélio (2000) define a palavra como sendo: coisasinúteis, imprestáveis, velhas, sem valor; aquilo que se varre para tornar limpa uma casa ou uma cidade; entulho; qualquer material produzido pelo homem que perde a utilidade e é descartado. O lixo é um material indesejado e inevitáveis onde todos procuram se livrar. Não se consegue parar de produzi-lo, todos os dias. Alem disso, do processo produtivo resulta sempre a geração de resíduos, de duasformas distintas: em um primeiro momento, como conseqüência do próprio ato de produzir e posteriormente, após a cessação de vida útil dos produtos (CALDERONI, 1999 apud MAGALHÃES, 2002). O problema relacionado ao lixo vem se agravando desde a Revolução Industrial, mas aumenta em proporções assustadoras atualmente, devido ao aumento da população e á
1

grandes variedade de embalagens da “eradescartável”. Alem de o lixo domiciliar e comercial, a situação se agrava com a enorme quantidade de lixo tecnológico, industrial, e de resíduos de saúde produzidos atualmente, aos quais se acrescentam o lixo atômico e o entulho espacial (RODRIGUES; CAVINATTO, 1997). Dados do IBGE - Instituto de Geografia e Pesquisa Censo (2000) mostram que a quantidade de lixo coletada diariamente nas cidades com até200.000 habitantes, é de aproximadamente 450 a 700 gramas por habitante, já nas cidades com mais de 200 mil habitantes, essa quantidade aumenta para a faixa entre 800 e 1.200 gramas por habitante Infelizmente a cultura do desperdício ainda é bastante presente em nosso país (DUTRA, 2005), visto que, o Brasil produziu 60,8 milhões de toneladas de resíduos sólidos urbanos em 2010, sendo 6,8% maior doque registrado em 2009 e seis vezes maior ao índice de crescimento populacional urbano analisado no mesmo período (BOCCHIN, 2011). A solução para o destino do lixo ainda consiste em conduzi-lo para longe, preferencialmente, para locais afastados das áreas habitadas. São os vazadouros a céu aberto mais conhecido como lixões, situados na periferia dos grandes centros (GAZZINELLI et al., 2001). Para apreservação do ambiente o tratamento do lixo deve ser considerado como uma questão de toda a sociedade e não um problema individual (MAGALHÃES, 2002). Para isso a educação ambiental tem sido discutida intensamente nas últimas décadas, mas em quase todos os discursos estão diretamente associados à preservação da natureza. Diversos indivíduos, ao pensar a educação ambiental, relacionam-se...
tracking img