desigualdades sociais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6367 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de setembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
PSICOLOGIA NA COMUNIDADE, PSICOLOGIA DA COMUNIDADE E PSICOLOGIA (SOCIAL) COMUNITÁRIA – Práticas da psicologia em comunidade nas décadas de 60 a 90, no Brasil.
Maria de Fátima Quintal de Freitas

Falar, hoje a meados da década de 90, sobre a psicologia comunitária ou, de uma maneira mais simplificada, sobre a prática da psicologia em comunidade é, com certeza, muito diferente que seestivéssemos fazendo o mesmo em inicios dos anos 80, especialmente considerando-se as peculiaridades que a nossa história recente tem presenciado.
Se fizéssemos, neste momento, um rápido levantamento sobre que ideia seria construída na cabeça das pessoas quando solicitássemos que pensassem sobre a prática da psicologia comunitária, ou da psicologia na comunidade ou menos da psicologia da comunidade,poderíamos arriscar dizer que quase totalidade delas estaria pensando em alguma das seguintes situações:
- algumas imaginariam o psicólogo em algum lugar mais pobre e sem infra-estrutura;
- outras veriam o psicólogo indo de encontro a população, população essa que geralmente desconhece esse trabalho assim como as suas possibilidades de ajuda;
- outras, ainda , pensariam em lugares como favelas,cortiços, bairros de periferia , lixões , assentamentos, mutirões, associações de bairros, grupos de mulheres, de jovens, de certeira idade, menores de rua, ou grupo marginalizados, em geral; e
- algumas poderiam, também, pensar em situações institucionalizadas, cuja população frequentadora estaria muito próxima à condição de marginalizada dos serviços, direitos e obrigações da sociedade e doEstado.
Acreditando que a todo e qualquer processo de trabalho e de produção de conhecimento existem determinações históricas e politicas que os influenciam, pode-se afirmar que falar da psicologia comunitária e falar, também, da história política recente do Brasil e da América Latina.
Poderíamos, então, indagar se todos estes exemplos caracterizariam práticas da psicologia em comunidade. Pararesponder a isto faz-se necessário recuperar o processo de surgimento desse tipo de prática, e para isto é necessário atender os dos aspectos:
- um, ligado ao processo histórico pertinente a essa prática, recuperando as condições que contribuíram para o aparecimento dos chamados trabalhos em comunidade; e
- outro, ligado aos aspectos que podem explicar como a profissão de psicólogo foi sendoconstruída, criada, e em torno do que temáticas/problemáticas essas práticas profissional foi se estruturando e preparando novos quadros de psicólogos para realidade brasileira.
Isto pode contribuir para algumas reflexões a respeito de práticas que estão sendo desenvolvidas a sobre os cursos de psicologia, em termos de como eles estão preparando para a prática nesse tipo de trabalho. Pensarsobre o tipo de atuação da psicologia na comunidade exige que se identifique as tendências que ela tem apresentado, assim como as perspectivas teóricas e mitológicas que têm permeado o desenvolvimento de tais trabalhos. Ao da exposição aqui realizada, estará sendo citada uma bibliografia referente à temática do desenvolvimento de trabalhos em comunidades por psicólogos. Esta bibliografia poderá serconsultada, mais detalhadamente, por aqueles que pretendam desenvolver estudos nesta área, ou que pretendam orientar suas práticas futuras, com vistas a um maior engajamento, para as problemáticas cotidianas vividas pelo povo do nosso país.
1. Sobre a história da inserção do profissional no desenvolvimento de trabalhos em comunidade
O nome “trabalhos em comunidade” é uma expressão relativa antiga,tendo surgido nas décadas de 40 e 50. Nesse período, o Brasil passava por mudanças no seu modelo produtivo, saindo agropecuário e ingressando no agroindustrial, o que exigia a preparação de uma nova mão-de-obra, mais feita às demandas de um sistema fabril. Assim, neste contexto são criados e desenvolvidos vários projetos, nas áreas educacional e assistencial, sob a responsabilidade e a...
tracking img