Desenvolvimento local e no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1283 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENTO 4

3 CONCLUSÃO 4

REFERÊNCIAS 8

INTRODUÇÃO

O Desenvolvimento de cada país depende de suas características próprias, tais como: situação geográfica, extensãoterritorial, passado histórico, cultura, população e riquezas naturais. A Organização das Nações Unidas (ONU) usa os seguintes indicadores para classificar os países, segundo o grau de desenvolvimento: índice de mortalidade infantil esperança de vida média, nível de industrialização, grau de dependência externa, potencial científico e tecnológico, grau de alfabetização, instrução e condiçõessanitárias. O desenvolvimento econômico, podemos conceituá-lo como sendo o crescimento econômico (aumento do PNB per capita), acompanhado pela melhoria da qualidade de vida da população e por alterações profundas na estrutura econômica.




DESENVOLVIMENTO Econômico

Algumas mudanças no âmbito mundial iniciadas nas últimas décadas do século XX e nesse início de século XXI estão refletindo em umprocesso de reestruturação ampla que traz novas configurações econômicas, nas relações sociais e na articulação entre os Estados nas instituições intergovernamentais de poder regulador. Nesse cenário, as repercussões desses novos elementos nas diferentes formações sociais tornam visível a crise do fordismo (modelo de desenvolvimento dominante na sociedade ocidental que se consolidou ao longo doséculo XX) e a ascensão de um novo modelo de acumulação capaz de retomar os fluxos de investimento, crédito, consumo e crescimento econômico das nações alterado com a crise do sistema. A partir da década de 80 a classe trabalhadora sentiu um golpe significativo que redesenhou seu perfil, uma gigantesca implantação de inovações tecnológicas possibilitou as fabricas uma diminuição considerável nosnúmeros de seus quadros de operários.
No Brasil, a valorização do local como instância privilegiada para planejar e executar políticas públicas de desenvolvimento remonta aos anos 1970. Não se tratava de prática recorrente, dado o contexto altamente centralizador e autoritário da época. Eram experiências pontuais como as ocorridas em Lages (SC) e Boa Esperança (ES). Vaz e Caldas (2006) propõem umaperiodização para as experiências brasileiras de desenvolvimento local no período pós-redemocratização.
A fase inicial, chamada de “antecedentes”, correspondente ao período 1976-1988, ou seja, entre os primeiros sinais de distensão do regime autoritário até a promulgação da Constituição Federal de 1988. Essa fase é caracterizada pela existência de um pequeno número de experiências de resistência quetêm o mérito de trazer uma maior articulação entre políticas territoriais e desenvolvimento local. Nesse período, tratava-se de uma manifestação que ocorria paralelamente ao processo de democratização do país, com suas disputas políticas e ideológicas.
Em uma entrevista de campo conversei com a senhora Doris Garisto Lins, engenheira florestal e bióloga, presidente do Serviço Autônomo de Água eEsgoto da cidade de Itabirito, o SAAE, uma autarquia que hoje cuida dos serviços de água e esgoto do município de Itabirito.
O Saae tem hoje uma grande importância no desenvolvimento da cidade, Na empresa as pessoas que estão envolvidas para ajudar em atividades de melhoria seria primeiramente a presidente e alem dela possui as acessórias, que uma delas e a acessória de planejamento e gestão.Alem disso e uma incubadora de mão- de – obra porque mais de 50 % dos funcionários são com contratos administrativos que entram com atividades ligadas com o atendimento, o operacional, a manutenção dos sistemas de água e esgoto e eles são capacitados para estarem realizando estas atividades.alem disso a constituição federal do art.30 ela da a titularidade para o município executar o seu...
tracking img