Descartes vs david hume

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (795 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
David Hume era um empirista
Afirmava que a obtenção de conhecimento dependia exclusivamente das nossas impressões, ou seja, nós só obtemos e possuímos conhecimento se já tivermos estado em contactodirecto com essa experiencia. --- Só temos conhecimento se o vivenciarmos, só assim será justificável (na opinião do Hume)
Dessa forma ele discorda com a ideia de conhecimento e ideias inatas(aquelas que provem da razão, aquelas que nascem connosco).

Depois temos os tipos de conhecimento, existe a relação das ideias e as questões de facto.

* A relação de ideias --- esta relacionado como conhecimento a priori (relações que prevêem da experiencia).
Ou seja, é um tipo de conhecimento onde não é preciso a visualização para saber que é verdade (justificável pela razão!). Logo, não épreciso efectuar a experiencia.

Exemplo: sabemos que o triângulo tem 3 lados, pelo seu nome e não precisamos de o ver para saber tal verdade.

* As questões de facto --- estão relacionadas com oconhecimento a posteriori (tem que se viver a experiencia para saber e justificar uma determinada verdade e conhecimento).
Ou seja, tem de se estar em contacto com o objecto (justificável com aexperiencia).

Exemplo: a palavra martelo, não nos indica se este é pesado ou não?! Logo terás que estar em contacto com o tal martelo para saberes que tipo de martelo é e se é pesado ou não.Problema da causalidade:

Hume diz, que é uma verdade subjectiva. Pois segundo ele, só podemos ter a certeza de algo se estivermos em contacto com a experiencia naquele momento.
Exemplo: “O sol amanha vainascer”
Nós: por força do hábito dizemos e sabemos que esse momento vai acontecer porque estamos habituados a visualiza-lo e a vive-lo…

Contudo,

Hume: nada nos garante que isso seja verdadeporque ainda não vivemos o momento em que o sol nasce. Assim, Hume diz que nós dizemos que algo vai acontecer apenas pela força do hábito e pela repetibilidade de acontecimentos e não porque temos...
tracking img