Periodo antropologico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1883 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
O trabalho que aqui apresentamos, é fruto de uma longa e exaustiva pesquisa dos conhecimentos adquiridos na cadeira de filosofia. Este trabalho retrata sobre o período antropológico ou da moral
Por volta do século V. AC. Começa o que podemos considerar como um novo período na história da filosofia, ao qual podemos chamar de período Socrático ou ANTROPOLÓGICO. Esse também é chamado deperíodo clássico da filosofia.

Podemos marcar o início desse período com a actuação dos Sofistas que estavam preocupados mais com a linguagem e a erudição do que com a explicação do mundo. Para os sofistas o importante era o bem falar e a arte de convencer o interlocutor.

As contendas políticas e os conflitos de opiniões favoreceram a acção desses professores ambulantes que consideravam nãohaver uma verdade única. Alguns comentadores da história da filosofia viram com maus olhos a actuação dos sofistas, principalmente devido a escritos de Platão que os considerava não filósofos, mas manipuladores do raciocínio sem amor pela verdade. Essa visão, entretanto, começa a ser revista, pois se percebe que os sofistas não eram os aproveitadores mencionados em alguns manuais, mas pessoas que seutilizaram, de forma pragmática, da filosofia.

Objectivos do Trabalho (Geral)
Este trabalho tem por objectivo apresentar, numa perspectiva de internacionalização, conhecimentos do período antropológico ou da moral Esta perspectiva inspira-se no contexto da mundialização dos conhecimentos filosóficos, da nossa época que permitiria aos estudantes utilizarem os mesmos utensílios, técnicas e métodosassim como os mesmos princípios de base, para lutar com as mesmas armas na competição a que se dedicam os filósofos.
Objectivos específicos
Este trabalho descreve um pouco sobre o período antropológico ou da moral no interior de uma abordagem global e estruturada.

PERÍODO ANTROPOLÓGICO
Tem referência na Grécia clássica, nos séculos V e IV antes de Cristo, quando a democracia se desenvolve, avida intelectual e artística entra no apogeu e Atenas domina a Grécia com seu império comercial e militar. Os séculos V e IV a.C. na Grécia Antiga foram de grande desenvolvimento cultural e científico. O esplendor de cidades como Atenas, e seu sistema político democrático, proporcionou o terreno propício para o desenvolvimento do pensamento. É a época dos sofistas e do grande pensador Sócrates.
Ossofistas, entre eles Górgias, Leontinos e Abdera, defendiam uma educação, cujo objetivo máximo seria a formação de um cidadão pleno, preparado para atuar politicamente para o crescimento da cidade.
Dentro desta proposta pedagógica, os jovens deveriam ser preparados para falar bem (retórica), pensar e manifestar suas qualidades artísticas. Sócrates começa a pensar e refletir sobre o homem,buscando entender o funcionamento do Universo dentro de uma concepção científica. Para ele, a verdade está ligada ao bem moral do ser humano. Ele não deixou textos ou outros documentos, desta forma, só podemos conhecer as ideias de Sócrates através dos relatos deixados por Platão.
Platão foi discípulo de Sócrates e defendia que as ideias formavam o foco do conhecimento intelectual. Os pensadores teriama função de entender o mundo da realidade, separando-o das aparências.  Outro grande sábio desta época foi Aristóteles que desenvolveu os estudos de Platão e Sócrates. Foi Aristóteles quem desenvolveu a lógica dedutiva clássica, como forma de chegar ao conhecimento científico. A sistematização e os métodos devem ser desenvolvidos para se chegar ao conhecimento pretendido, partindo sempre dosconceitos gerais para os específicos.
Sócrates ensinava na praça de Atenas, dialogando com seus discípulos e interlocutores. Usava a maiêutica e a ironia, como instrumentos metodológicos. Em virtude de sua postura filosófica foi chamado de "insecto", comparado com uma mosca: a mosca de Atenas.
Um de seus principais discípulos foi Platão. Esse criou uma escola, a Academia, onde se reunia com seus...
tracking img