Descarte de lixo hospitalar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2024 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
COLETA SELETIVA EM BETIM (MG)
 
A coleta seletiva, como parte do processo de gestão de resíduos, é responsabilidade municipal. Porém, muitos municípios não a fazem ou fazem em pequenas proporções alegando o alto custo do sistema. Betim, em uma iniciativa inovadora, investiu em um amplo programa de coleta seletiva e quantificou não só os gastos, mas também os ganhos alcançados. O resultadomostra um baixo investimento face aos grandes benefícios sociais e ambientais alcançados.
 
Betim é uma cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte com população aproximada de 360.000 habitantes e taxa de crescimento populacional próxima a 5,29% ao ano. Mais de 60% das famílias do município têm renda inferior a 04 salários mínimos e há um comprometimento por parte dos governantes de destinarmais de 50% do orçamento Municipal para educação e saúde.
A cidade possui abastecimento de água potável, atingindo 97% da população e rede coletora de esgotos para 65%, através de concessão à COPASA.
A coleta de lixo é terceirizada e atende 98% do Município, sendo diária na região central, três vezes por semana nos bairros e 01 vez por semana na área rural. A destinação final é o aterro sanitáriomunicipal.
Segundo dados da prefeitura, os problemas ambientais mais sérios relativos aos resíduos sólidos são o lançamento de lixo em córregos e lotes vagos e o lançamento clandestino de entulho em locais inadequados.
Algumas tentativas de implantação da coleta seletiva foram feitas anteriormente utilizando LEVs ( Locais de Entrega Voluntária ) em pontos estratégicos e coleta porta a porta nobairro Citrolândia, próximo ao aterro sanitário, mas a adesão da população foi insignificante.
Com base nas experiências anteriores e em dados levantados no Município, a Coleta Seletiva foi planejada de forma diferenciada, abrangendo duas etapas:
- o movimento “Lixo e Cidadania”, envolvendo o catador de papel, a sociedade e o governo;
- A implantação da Coleta Seletiva porta a porta, com aseparação do lixo seco e úmido no domicílio, destinando o produto ao catador organizado (associações, cooperativas, etc.)
 
Implantação do “Movimento Lixo e Cidadania”
 
O movimento se iniciou em meados de 2001, com a montagem de uma equipe constituída de 04 funcionários da prefeitura de Betim e um funcionário da ASMARE, cuja função inicial foi abordar o catador, conhecer seu modo de vida, seusproblemas (alcoolismo, drogas, pobreza, marginalidade) e ganhar sua confiança. Os catadores foram cadastrados e participaram de reuniões e seminários municipais, estaduais e nacionais, sendo informados de sua importância como agentes ambientais e da necessidade de se organizarem em entidade própria, com apoio institucional.
Um grande marco dessa etapa foi o 1º Seminário Municipal de “Lixo eCidadania”, organizado pelo Governo Municipal, ASMARE e Catadores em 23 de agosto de 2001, que reuniu mais de 700 cidadãos entre empresários, donas de casa, associações de bairros, ONGs, catadores, religiosos, políticos etc.
Toda essa população se mobilizou, oferecendo prensas, balanças, fogões, geladeiras e material reciclável. Nesse evento os vereadores apresentaram duas Leis Municipais inéditas noBrasil: a primeira instituindo o dia Municipal do Catador (23/08) e a outra destinando todo produto da Coleta Seletiva do Município ao Catador Organizado. Porém, o principal resultado foi a integração comunidade/catador, que deixou de ser visto como um marginal para ocupar o espaço de agente ambiental.
Após o seminário partiu-se para a formalização da Associação com a elaboração do estatuto, eleição dadiretoria e demais trâmites legais, sempre com o apoio institucional da Prefeitura, ASMARE e voluntários (advogados e administradores de empresa). Assim surgiu a ASCAPEL – Associação dos Catadores de Papel, Papelão e Materiais Recicláveis de Betim.
 
INFRA-ESTRUTURA
 
O Município se responsabilizou pela construção de um galpão de triagem de 480 m² em área de 1200 m² para separação do...
tracking img