Desafio fundamentos e metodologia do ensino fundamental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2544 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA


DESAFIO DE ORGANIZAÇÃO E METODOLOGIA DO ENSINO FUNDAMENTAL

PROFa TUTORA A DISTÂCIA MILENE SILVA
PROFa TUTORA PRESENCIAL EUZINÉIA SANTUCHI



DEISE BIONE RA: 284045
JENAINA G. PIROZI RA: 268611
JHEFFERSON JUNGER RA: 230556
LEILA HARDOIN RA: 222187
LUZIA CARVALHO RA: 215745
REJANY ANDRADE RA: 225657MACAÉ-RJ 2012






UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA





DESAFIO DE ORGANIZAÇÃOE METODOLOGIA DO ENSINO FUNDAMENTAL











MACAÉ-RJ2012





SUMÁRIO

Introdução.

1- Sistema Brasileiro de Ensino

2- MEC e suas atribuições e responsabilidades com a Educação Brasileira

3- Ensino Fundamental de 9 anos- vantagens e desvantagens.

4-Mudanças na educação e seus marcos históricos.

5-Mapa conceitual.

Conclusão.

Referencias Bibliográficas










INTRODUÇÃODe acordo com que estudamos e observamos, a história da educação brasileira veem se modificando ao longo dos tempos, de maneira que evoluiu juntamente com o processo democrático brasileiro.
O Estado por meio da Constituição Federal foram sendo modificadas de modo a oferecer meios de uma educação moderna e regida por leis básicas que assegurassem os direitos do estudante.
As Constituições,desde a primeira de 1824, até a atual, de 1988, vêm se alterando e avançando na política educacional brasileira, porém para que todas estas leis possam funcionar, e necessário que seja dado aos estudantes estímulos para eles perseverarem no estudo, afastando os impedimentos, pois cabe à escola o papel de educar, levando ao aluno, criança ou jovem, a educação necessária e idealizada.
Neste trabalhobuscamos detalhar todas estas mudanças que a educação vem sofrendo ao longo dos anos.












1- SISTEMA DE ENSINO BRASILEIRO

Estrutura de relações sociais de produção;
O sistema não consegue que todas as crianças na faixa escolar ingressem e aos que ingressam não consegue assegurar a permanência e bom rendimento escolar;
Forma fragmentada de produzir o ensino-aprendizagem;O poder de controle do sistema está no planejamento;
O ensino é fragmentado e desarticulado;
Esta fragmentação não resulta apenas de vontades políticas, mas de uma materialidade objetiva, fruto de uma determinada estrutura de produção;
A divisão técnica do trabalho é a expressão mais importante destamaterialidade;
A proposta curricular tem no materialismo histórico a sua fonte metodológica;A escola continua sendo um instrumento predominantemente controlado pelo Estado;
A atual estrutura caracteriza-se pela divisão técnica do trabalho.

2-O MEC E SUAS ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES COM A EDUCAÇÃO BRASILEIRA

O Ministério da Educação foi criado em 1930, logo após a chegada de Getúlio Vargas ao poder. Com o nome de Ministério da Educação e Saúde Pública, a instituição desenvolviaatividades pertinentes a vários ministérios como saúde, esporte, educação e meio ambiente. Até então, os assuntos ligados à educação eram tratados pelo Departamento Nacional do Ensino, ligado ao Ministério da Justiça. Em 1932, um grupo de intelectuais preocupado em elaborar um programa de política educacional amplo e integrado lança o Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova, redigido porFernando de Azevedo e assinado por outros conceituados educadores, como Anísio Teixeira.
O manifesto propunha que o Estado organizasse um plano geral de educação e definisse a bandeira de uma escola única, pública, laica, obrigatória e gratuita. Nessa época, a igreja era concorrente do Estado na área da educação.
O MEC é responsável por avaliar a política nacional de educação, cuidar para que haja...
tracking img