Desafio de fundamentos das politicas publicas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3465 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PARA O DESENVOLVIMENTO DO ESTADO E DA REGIÃO DO PANTANAL MÓDULO: FUNDAMENTOS, DAS POLITICA SOCIAIS POLO: TENIR
Jucirlene Reis da silva Araujo RA:194583
Percila Oliveira de Souza carvalho RA:197568
Rhaissa Nunes Pires RA:199308
Suelen Beatriz Amarilho de lima RA:263041
Thelma Vernochi Medeiros RA:194582

Trabalho elaborado para finsde avaliação dos
Módulos Fundamentos, das Políticas Sociais,
do curso de Serviço Social da UNIDERP Interativa,
sob orientação dos Professores Interativa Ma Elaine Cristina,
e professora local Elaine da Silva Fernandes.

INTRODUÇÃO
Estetrabalho é a síntese significativa da aprendizagem adquirida nos módulos FUNDAMENTOS DAS POLITICAS SOCIAIS social e meio ambiente. É uma exigência do processo avaliativo do curso Serviço Social e tem como objetivo exercitar os acadêmicos na capacidade de atuar como assistentes sociais, buscando ampliar os conhecimentos e a compreensão do planejamento ambiental, com capacidade técnica e visão criticados aspectos sócios ambientais capazes de propor soluções inovadoras para o exercício de suas atribuições.

DIFERENTES CONCEPÇÕES DE ESTADO: ESTADO LIBERAL-SOCIAL DEMOCRATA E O SOCIALISMO REAL- O ESTADO PROPOSTO PELAS IDÉIAS NEOLIBERAIS
Estado e Políticas sociais
“A compreensão da concepção do Estado e de Políticas Sociais é fundamental para a compreensão e avaliações das políticas publicamsociais”.
As “questões de fundo” que informam as decisões, as escolhas, os métodos de avaliações aplicados em relações a uma estratégia de intervenção governamental.
E essas relações que quando são estabelecidas entre o Estado e Políticas Sociais implantada em determinada sociedade, dão certo; as analises são importantes porque quando é direcionada para a área de educação, saúde previdênciahabitação determina o seu sucesso ou fracasso e que exige um enorme esforço por parte de quem está à frente dessas políticas. Existe uma diferença entre Estado e Governo; “considera-se o Estado como um conjunto de instituição permanente como órgãos legislativos, tribunais, exercitam e etc. que possibilitam as ações do governo, e o Governo como o conjunto de programas de projetos que partem dasociedade. as políticas publicam são entendidas como e ‘Estado em ação’.
As Políticas Sociais são formas de interferência do Estado visando à manutenção das relações sociais de determinada formação social o Estado não pode ficar fora de um projeto político e de uma teoria social para a sociedade como um todo, elas devem estar voltadas para o beneficio da sociedade, para diminuir as desigualdadesproduzidas pelo capitalismo.
Na reflexão da Srª Eloísa de Mattos Hofling, a política educacional se insere no contexto do estado capitalista, E mais do que definir o Estado; ela focaliza alguns autores que se inscrevem em tradições diferentes nas ciências sociais e política educacional.
Os autores Clauss Offe e Milton Fernandes se inscrevem na tradição marxista, no Liberal ou Neoliberal. A formulação deMarx em relação ao Estado e as ações estão estariam voltadas pra garantir a produção e reprodução de condições favoráveis à acumulação do capital e ao desenvolvimento do capitalismo. Ela identifica no texto de Clauss Offe a analise do Estado a partir de uma perspectiva de classe, e como uma esfera da sociedade que concentra e manifesta as relações sociais de classe, onde conflitos ocorrem; nointerior do Estado estão presentes interesses referentes à acumulação do capital as reivindicações dos trabalhadores. Para ele o autor trouxe importante contribuição para Estado que atua como regulador das relações sociais e não somente como serviço dos interesses do capital.
Só quando for ampliada a participação dos envolvidos nas decisões de planejamento e de execução da política principalmente a...
tracking img