Desafio de aprendizagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2090 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
desafio de aprendizagem

Introdução
Nesse desafio da aprendizagem será apresentado a história do Brasil, nos aspectos, políticos, econômico e social.
Mostraremos que desde nossa colonização que foi de exploração, a historia foi construída nos mesmo moldes, mudou-se em alguns momentos o sistema, mas a administração e o poder econômico ficou sempre nas mãos de uma classe privilegiada quesempre foram a minoria, sustentada pela grande massa, formada pela classe dos trabalhadores.

I - O período colonial: estrutura econômica política e social.
Portugal se tornou um grande desbravador colonizador de novas terras por vários motivos, além do espírito aventureiro aprenderam com os genoveses a arte de construir embarcações marítimas e construíram as famosas caravelas, um barco que é levee resistente.
A história relata que sob o comando de Pedro Álvares Cabral cinco caravelas portuguesas saíram ruma a índia, se desviaram do caminho e chegaram sem quere as terras brasileiras. Mas a mesma historia tratou de mostrar que os portugueses não saíram ruma a Índia e sim a procura de novas terras para colonizar.
A história peca mais uma vez quando relata que Portugal foi nossodesbravador, descobridor sendo que na verdade, quando chegaram aqui essas terras já havia sido descoberta e povoada pelos índios.
Os portugueses chegaram aqui impuseram seu modo de viver ao índios, fizeram eles de escravo obrigando os a trabalhar em suas lavouras de cana-de-açúcar, abusaram de suas mulheres trouxeram doenças para esses povos nativos, ignoraram suas crenças impondo a religião predominanteda época o catolicismo, batizaram os a força tentaram catequizá-los.
Esse povo nativo que viviam tranquilamente da caça e da pesca, tiveram suas vidas viradas de pernas pro ar e foram atropelados pelos costumes dos colonizadores portugueses. Foi travado guerras sangrentas entre colonizadores e nativos e isso resultou na morte de muitos índios.
Hoje o Brasil pede perdão pelas atrocidades cometidascontra esse povo, mas eles continuam vivendo isolados, perderam muito a sua maneira de ser e de viver, suas crenças, a influencia do dito homem branco e claro nas comunidades indígenas, perderam sua identidade e nossos governos mascaram isso construindo habitação a os índios, aposentando-os distribuído vale renda, bolsa universitária. Isso é uma prova que nos se achamos superiores a eles epensarmos que eles não são capazes de sobreviver sem esses auxílios.

II - O Segundo Reinado: transformações socioeconômicas e crise no império
Foi marcado pelo trabalho escravo do negro que sustentava a riqueza dos grandes fazendeiros barões do café e conseqüentemente a economia do Império. Esses escravos eram trazidos da África em condições precárias nos porões de navios de cargas e eram vendidosa esse fazendeiros que os trataram como animais, moravam em senzalas e quando se rebelaram eram castigados no tronco a chibatadas e muitos morriam no tronco, quando não morriam nos porões dos navios.
As escravas se envolviam com seus donos e começavam a nascer os filhos bastardos. O café estava em alta e os fazendeiros colocavam os escravos para trabalharem mais, para produzirem muito maisficarem ainda mais ricos.
Com a crise do café, com a abolição esses negros escravos se tornaram homens livres e não tinham para onde ir e nem sabiam o que iam fazer, já que eles só souberam trabalhar nas lavouras, a maioria deles se acumularam em cidades, criando os cortiços e viviam na mais pura miséria e assim se tornaram em grande problema para o império.
Com a chegada das fabricas, eles setornaram a mão de obra barata, tiveram dificuldade em freqüentar uma escola, a maioria era analfabetos e essa herança passou de geração para geração, além de eles enfrentarem o racismo, tinham a fama de vagabundos preguiçosos, e as estatísticas mostram que são poucos os negros que concluem o ensino médio e menos ainda a porcentagem que entram e que concluem o ensino superior. Esse preconceito se...
tracking img