Deriva continental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1415 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Deriva Continental

Imagem: NOAA/NGDC Serviço de Informação por satélite

1

Surfando em lava quente
Nunca pense que a terra firme é firme. Os continentes nunca estiveram, nem estão parados. Movimentam-se imperceptivelmente, numa escala geoológica de tempo, contada em milhões de anos. O movimento é muito lento e contínuo. Os continentes são como jangadas flutuando num viscoso mar delava incandescente.

Foto: Bryan Laury

movimento dos continentes é conhecido como Deriva Continental e o mecanismo causal é chamado de Placas Tectônica. Nós, no Acre, somos passageiros da Placa da América do Sul. Há mais de 60 milhões de anos, na época da extinção dos Dinossauros, a America do Sul e a África começaram a sua separação. Antes, não havia Oceano Atlântico e os rios amazônicosdrenavam suas águas para o Oceano Pacífico. Também não havia surgido ainda a Cordilheira dos Andes. A América do Sul ficou um continente isolado, cercado por oceanos, durante milhões de anos. Não havia surgido o Istmo do Panamá. America do Sul e América do Norte eram terras isoladas.

O

Dessa forma, a parte sul do “continente” desenvolveu características próprias. O tatu, o tamanduá e as preguiças,são amostras características de nossa fauna. O isolamento foi quebrado pela chegadas ocasional de novas formas de vida. Um desses grupos é representado hoje pelos roedores “caviomorfos” – a Paca, a Cutia e a Capivara são os mais conhecidos. Os primeiros “caviomorfos” chegaram à America do Sul há mais de 30 milhões de anos. Posteriormente, há 25 milhões de anos, teriam chegado os macacos que, comoos roedores, acredita-se são originários da África. Devem ter chegado passivamente, em balsas de árvores que cruzaram o Atlântico em formação.

2

As Placas Tectônicas

Imagem: Person Education Inc./Benjamin Cummings

Tanto os roedores como os macacos se deram bem na América do Sul. Essa é uma das razões da nossa biodiversidade. No Acre, podemos encontrar, entre outros, o menor macacosul-americano. É o nosso conhecido leãozinho-da-taboca (Cebuella pygmaea). Essa história é melhor contada pelo trabalho dos cientistas que estudam os fósseis,

os Paleontólogos. O Acre guarda em seus sedimentos grande parte da história geológica e paleontológica da América do Sul. Entre os ancestrais das atuais preguiças, podemos citar as preguiçasgigantes. São parte de um grupo muitodiversificado e bem-sucedido entre os mamíferos

3

Lago Pebas Rio Amazonas

Formação dos Andes
Com a separação da América do Sul da África e o deslocamento da Placa Americana para o oeste, ocorreu o choque com a Placa de Nazca. Como resultado, temos os soerguimentos que formaram a Cordilheira dos Andes. Provavelmente, ocorreu há 11 milhões de anos. Com isto, os sedimentos resultantes vieram preenchero vasto Lago Pebas. Foi um processo de deposição contínua, que formou as terras do atual Estado do Acre.

Sul continuava seu deslocamento para o Oeste, ficando cada vez mais distante da África e alargando o Oceano Atlântico. Ao se deslocar Os primeiros registros fósseis de preguiças para o Oeste a América do Sul se “chocou” são de aproximadamente 50 milhões de anos. com a Placa de Nazca,situada no fundo do Inicialmente, eram animais pequenos. Com Oceano Pacífico. Esse “atrito” foi causando os passar do tempo, foram crescendo, varian- o surgimento da Cordilheira dos Andes, com do em tamanho e diversificando em espécies. sua longa cadeia de vulcões. Os rios amazôA maior de todas as preguiças, com dentes e nicos começaram a ser represados pelo novo garras enormes, pesando algumastoneladas, obstáculo que surgia. Aqui no Acre, com água viveu no Acre. Era um animal de corpo maciço acumulada, surgiu o grande Lago Pebas, que perdurou por milhões de anos. Foi um lago que e gigantesco. poderia ser chamado de mar, com uma fauna Outro grupo característico da América do especial de animais de água doce e salgada. Sul, são os marsupiais. O mais conhecido é o As arraias que vivem nos rios...
tracking img