Departamento fiscal e tributario

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2140 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS DE MARABÁ
Programa de Graduação em Ciências Contábeis

Contabilidade Aplicada I
Bancos Cooperativos
Cooperativa de Crédito

Marabá, Pará
2012
Carlos José Neto
Vânia Pereira Rodrigues
Sérgio Alves Moraes
Lucas Serqueira Cardoso
Ana Cássia Ribeiro da silva
Andréia Sampaio dos Santos
Roni da Costa

Contabilidade Aplicada I
Bancos Cooperativos
Cooperativa decrédito

Projeto de pesquisa apresentado na Disciplina de Contabilidade Aplicada I– Programa de Graduação em Ciências Contábeis da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Marabá, sob a orientação do professor Arthur Mourão.

Marabá, Pará
2012
Conceito de Cooperativa de Crédito
A cooperativa de crédito é uma instituição financeira formada por uma associação autônoma de pessoas unidasvoluntariamente, com forma e natureza jurídica próprias, de natureza civil, sem fins lucrativos, constituída para prestar serviços a seus associados.
O objetivo da constituição de uma cooperativa de crédito é prestar serviços financeiros de modo mais simples e vantajoso aos seus associados, possibilitando o acesso ao crédito e outros produtos financeiros (aplicações, investimentos, empréstimos, financiamentos,recebimento de contas, seguros, etc.).
As cooperativas também podem ser formadas por pessoas de uma determinada profissão ou atividade; agricultores; pequenos e microempresários e microempreendedores. Além disso, existem cooperativas de crédito de livre admissão de associados, nas quais coexistem grupos de associados de diversas origens e atividades econômicas.
Bancos Cooperativos

Bancoscooperativos são bancos múltiplos ou bancos comerciais controlados por cooperativas centrais de crédito que devem deter, pelo menos, 51% de suas ações com direito a voto. Os bancos cooperativos atualmente existentes são o Bansicredi – banco múltiplo com as carteiras comercial e de investimento, além de autorização para operar em câmbio – e o Bancoob, banco comercial.

Vantagens dos cooperados
a. Acooperativa pode ser dirigida e controlada pelos próprios associados;
b. A assembleia de associados é quem decide sobre o planejamento operacional da cooperativa;
c. A aplicação dos recursos de poupança é direcionada aos cooperados, contribuindo para o desenvolvimento do grupo e, também, para o desenvolvimento social do ambiente onde vivem;
d. O atendimento é personalizado;
e. O créditopode ser concedido em prazos e condições mais adequados às características dos associados;
Os associados podem se beneficiar com o retorno de eventuais sobras ou excedentes.

Diferenças de um Banco comum e Bancos Cooperados
COOPERATIVA | BANCO |
É uma sociedade de pessoas | É uma sociedade de capital |
Objetivo: prestar serviços aos
associados | Objetivo: lucro |
Controle democrático
(uma pessoa= um voto) | Cada ação = um voto |
Na assembléia os cooperados
participam das decisões | O quorum é baseado no
capital |
Retorno financeiro (sobras)
proporcional ao valor das
movimentações | Dividendo proporcional ao
valor das ações |
Conceito histórico
Em 1847, Friedrich Wilhelm Raiffeisen, natural da Renânia, criou no povoado de Weyerbusch/Westerwald a primeira associação de apoio para apopulação rural, que, embora não fosse ainda uma cooperativa, serviria de modelo para a futura atividade cooperativista de Raiffeisen. A primeira cooperativa, fundada por ele em 1864, chamava-se “Heddesdorfer Darlehnskassenveirein” (Associação de Caixas de Empréstimo de Heddesdorf). As cooperativas criadas por Raiffeisen, tipicamente rurais, tinham como principais características a responsabilidadeilimitada e solidária dos associados, a singularidade de votos dos sócios, independentemente do número de quotas-parte, a área de atuação restrita, a ausência de capital social e a não-distribuição de sobras, excedentes ou dividendos. Ainda hoje, esse tipo de cooperativa é bastante popular na Alemanha.
Um prussiano, Herman Schulze, foi o pioneiro no que tange às cooperativas de crédito...
tracking img