Deficiencia visual

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1100 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Imunização Contra Rubéola no 1° Trimestre de Gestação Pode Levar a Perda auditiva ,
Introdução:
A rubéola é uma doença infecciosa causada por vírus (classificado como um togavirus do gênero Rubivirus). Trata-se de doença comumente benigna se caracteriza pela erupção na pele, inflamação das glândulas e, especialmente nos adultos, dores nas articulações. Em geral, a erupção na pele dura cercade três dias e pode vir acompanhada de ligeira febre 2,7. Outros sintomas como dores de cabeça e/ou garganta podem vir associados, e 20% a 50% das infecções de rubéola são assintomáticas apresentam-se de forma “subclínica” (quando o paciente praticamente não sente nada).
A transmissão da rubéola ocorre através das vias respiratórias (pelas gotículas de Flugue) por perdigotos, urina, líquidoamniótico e placenta. Logo após o contágio com o vírus, ocorrerá um período de incubação de duas a três semanas antes do aparecimento dos sintomas. O contágio a outras pessoas se produz um ou dois dias antes da erupção da pele até uma semana depois .Crianças nascidas com rubéola, por contágio da mãe grávida (rubéola congênita) podem permanecer fonte de contágio por muitos meses.
A mais sériaconsequência resultante da infecção da rubéola ocorre durante o primeiro trimestre de gestação. A rubéola materna pode cursar como uma infecção isolada, sem comprometimento fetal. Por outro lado, pode ser causadora de anomalias congênitas, reabsorção do embrião, aborto espontâneo e parto de natimorto.

Rubéola no 1° trimestre da gestação pode levar:
O vírus da rubéola infecta a placenta e é transmitidapara o feto, disseminando-se para múltiplos órgãos e tecidos. O efeito do vírus depende do momento de sua infecção, quanto mais próximo da concepção maior é o dano produzido.
O vírus da rubéola tem um efeito denominado como citolítico, com habilidade de inibir o crescimento e maturação da célula. O primeiro efeito no desenvolvimento do feto consiste na redução da taxa de desenvolvimento e divisãocelular. Esta inibição altera o crescimento e desenvolvimento de todos os sistemas do organismo. O efeito citolítico do vírus da rubéola tem sido observado no miocárdio, cóclea e olhos.
O período crítico de aquisição da rubéola é da 4ª; a 8ª; semana de gestação, época da organogênese e desenvolvimento do sistema auditivo . Na 20ª; semana de gestação a cóclea já se apresenta semelhante a de umadulto, e entre a 20ª; e a 30ª; semanas ocorre o desenvolvimento funcional, ou seja, o feto inicia a aquisição das habilidades auditivas e passa a armazenar sons que podem ser reconhecidos após o nascimento (como a voz da mãe). Durante este período, o sistema auditivo fica mais sensível a infecções, podendo sofrer alterações indesejadas.
A deficiência auditiva , geralmente envolve o ouvido interno,sendo mais freqüente a ocorrência de lesão na estria vascular, membrana de Reissner e membrana tectória, levando a deficiência auditiva neurossensorial uni ou bilateral, sendo a maioria das vezes bilateral, de grau severo para profundo.
Com menor freqüência pode ser observada a deficiência auditiva central, caracterizada por lesão do córtex cerebral e ouvido interno íntegro, com variação naconfiguração audiométrica
Diante do grande acometimento de rubéola em gestantes, provocando deficiência auditiva e outros comprometimentos no recém-nascido, ressalta-se a importância da vacinação contra a rubéola em crianças e jovens, principalmente do sexo feminino, assim como programas de orientações, para que toda a população seja conscientizada da importância da prevenção desta doença.
A vacinacontra rubéola é produzida a partir de vírus vivos e atenuados, derivados da cepa Wistar RA 27/3 e preparada em cultura de células diplóides humanas. A cepa empregada deve conter no mínimo 1.000 TCID50. É distribuída na forma liofilizada, acompanhada de diluente próprio. Contém ainda gelatina hidrolisada, sorbitol e traços de neomicina.
A vacina liofilizada só, ou associada à do sarampo e à da...
tracking img