Deficiencia auditiva

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 35 (8680 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

1. Desenvolvimento da linguagem

1.1. Aquisição da linguagem

1.2. Formação do sistema fonológico

1.3. Aquisição da língua pelas crianças surdas

1.3.1. Crianças surdas filhas de pais surdos

1.3.2. Crianças surdas filhas de pais ouvintes

2. Linguagem e pensamento

3. Linguagem e conceitos

4. Métodos de desenvolvimento da linguagem nas crianças surdas5. Conclusão

6. Bibliografia

Introdução

Os conteúdos abordados na cadeira de Deficiência Auditiva e Problemas de Linguagem permitiram-nos fazer uma breve reflexão sobre o "Mundo do Silêncio", em que uma minoria da população mergulha e em toda a problemática que a envolve quando se tem que ajustar ao "Mundo dos Sons". Mundo em que vive uma maioria que, por um desconhecimento total euma insensibilidade inconsciente pouco se esforça para aprender a comunicar com eles.

Esta cadeira tornou-se rica e útil pelo alerta que despertou, pela troca de experiências, e porque nos irá fazer no futuro interagir com a surdez de uma forma mais responsável e informada .

Qualquer acto de comunicar pressupõe a presença mediata e imediata no espaço e no tempo, de um agente emissor, queproduz o sinal e de um agente receptor ao qual é destinado.

O homem não pode viver isolado ninguém comunica consigo mesmo, comunica com alguém, e quando comunica, comunica alguma coisa.

A capacidade de comunicar utilizando a linguagem é um dos aspectos que distingue os seres humanos dos demais. Na tradição cultural das sociedades humanas, a comunicação é basicamente oralista, o que acaba pordificultar a comunicação entre surdos e ouvintes.

No caso das pessoas surdas é necessário ter em conta a situação de comunicação, e esta caracteriza-se pelos "instrumentos que a pessoa surda dispõe para a comunicação"

Estes instrumentos são os seguintes :

- a audição (total, parcial ou quase nula)

- o conhecimento da língua oral (semântica) falada e escrita.

- o conhecimento daleitura labial

- o conhecimento da língua gestual nas crianças surdas.

Segundo Chomsky (1971) todas as crianças possuem características inatas que lhe permitem adquirir e desenvolver a língua da sua comunidade. Apesar das crianças nascerem pré - programadas para adquirirem a linguagem, necessitam viver num ambiente linguístico para que o processo seja activado e estimulado.

Para as criançassurdas a linguagem gestual, como língua natural, é um instrumento facilitador do processo de significação quer da linguagem receptiva quer da expressiva. A linguagem escrita quando desenvolvida é um precioso auxiliar da memória.

Este trabalho é constituído por 4 partes. Na 1ª desenvolve-se a aquisição da linguagem das crianças ouvintes, das crianças surdas filhas de pais surdos e filhos de paisouvintes, na 2ª parte aborda-se linguagem e pensamento, na 3ª parte faz-se uma breve abordagem sobre o desenvolvimento conceptual nas crianças surdas e por último parte apresenta-se alguns métodos utilizados no desenvolvimento da linguagem das criança surdas.

Ao fazermos este trabalho reconhecemos a necessidade de uma sólida formação de base dos técnicos de educação que intervêm junto dascrianças surdas, e como é importante estarmos abertos aos diferentes métodos de comunicação, pois só assim será possível assegurar respostas de acordo com a especificidade de cada caso.

1 - Desenvolvimento de linguagem

1.1 - Aquisição da linguagem

A linguagem , a nível humano, é o instrumento por excelência da comunicação.

O desenvolvimento e a aquisição da linguagem é um processo deinteracção e integração que se desenvolve por etapas.

As primeiras palavras surgem por volta dos doze meses de idade, na maioria das crianças. O aumento progressivo de vocabulário manifesta-se por volta dos dezoito meses.

Este aspecto vai, contudo, ser diferente de criança para criança conforme a estimulação linguística a que cada um está exposto.

Do ponto de vista cronológico a...
tracking img