Deficiencia auditiva

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1574 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Deficiência Auditiva


A audição, tal como os restantes sentidos, é muito importante para o nosso desenvolvimento como indivíduo, como parte da sociedade. Já antes do nosso nascimento, a audição é o primeiro sentido a ser apurado, através do diálogo da mãe com o seu bebé, dos novos sons, do conhecimento do mundo que nos rodeia.

É através desta que comunicamos com o mundo eeste se comunica conosco, desenvolvendo assim a nossa identidade, os nossos sentimentos, a compreensão do mundo que está à nossa volta, os vínculos sociais, as interações interpessoais e não esquecendo, o modo como manifestamos os nossos anseios e necessidades.

Definição de Deficiência Auditiva

A deficiência auditiva, trivialmente conhecida como surdez, consiste na perda parcial outotal da capacidade de ouvir, isto é, um indivíduo que apresente um problema auditivo.

É considerado surdo todo o individuo cuja audição não é funcional no dia-a-dia, e considerado parcialmente surdo todo aquele cuja capacidade de ouvir, ainda que deficiente, é funcional com ou sem prótese auditiva.
A deficiência auditiva é uma das deficiências contempladas e integradas nas necessidadeseducativas especiais (n.e.e.); necessidades pelas quais a Escola tanto proclama.

A perda de audição condutiva afeta, na maior parte das vezes, todas as frequências do som. Contudo, não se verifica uma perda de audição severa.
Este tipo de perda de capacidadeauditiva pode ser causada por doenças ou obstruções existentes no ouvido externo ou no ouvido interno.

A surdez condutiva pode ter origem numa lesão da caixa do tímpano ou do ouvido médio. É vulgar nos adultos a perda de audição condutiva, devido ao depósito de cerúmen (cera) no canal auditivo externo.



Desenvolvimento

A deficiência auditiva consiste na perda dapercepção normal dos sons. Verifica-se a existência de vários tipos de pessoas com surdez, de acordo com os diferentes graus de perda da audição.
Como identificar uma criança com deficiência auditiva?
Do nascimento aos doze meses de idade: 
• Não reage a um forte bater de palmas;
• Não procura, com os olhos, de onde vem o som;
• Não responde à fala dos pais;
• Não atende quando échamada pelo nome;
• Não entende frases simples;
• Não aponta aos objetos quando é interrogada;
• Não imita sons.
Dos doze meses aos cinco anos de idade:
• Reage quando é chamada pelo nome, desde que veja quem está falando;
• Obedece e começa a se comunicar por meio da linguagem de sinais;
• Não há enriquecimento vocabular;
• Não gosta de ouvir histórias;
• Temdores de cabeça e infecções nos ouvidos;
• Parece desobediente à ordens dadas em linguagem oral;
• Não localiza a direção do som
• Observa intensamente o rosto dos pais quando falam;
Com mais de cinco anos de idade:
• Tem dificuldades em prestar atenção a conversas em língua portuguesa oral;
• Não responde quando é chamada oralmente;
• Confunde direções ou não asentende;
• Não se desenvolve bem na escola;
• Possui vocabulário pobre em língua portuguesa oral;
• Evita pessoas, brinca sozinha;
• Tem freqüentes resfriados e dor de ouvido.

O DEFICIENTE AUDITIVO E A SOCIEDADE…


Durante muitos anos, os indivíduos portadores de deficiências eram considerados pela sociedade como sendo aberrações da natureza. Estes eramconsequentemente associados à imagem do diabo e a atos de feitiçaria por serem diferentes dos restantes membros da sociedade.

As perseguições, os julgamentos e até mesmo as mortes foram, na Idade Média, a forma “mais eficaz” de resolver estes problemas.
As pessoas com deficiências auditivas não fugiram à regra, sendo vítimas de muitas destas perseguições, uma vez que eram vistas como...
tracking img