Decada de 30

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5859 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Empreendedorismo: microempreendedor individual

Betim
2013

Empreendedorismo: microempreendedor individual

Trabalho apresentado a Faculdade Pitágoras com o objetivo de realizar uma pesquisa bibliografica em Metodologia Cientifica.
Orientador: Professor Robspierre Miconi Costa

Betim
2013
SUMÁRIO
Introdução04-05
Empreendorismo 06-07
Perfil empreendedor 07
Características dos empreendedores de sucesso 07-09
Mitos e realidade sobre o empreendedorismo09-18
Microempreendedor Individual – MEI 18-19
Orientação quanto a Inscrição do MEI 19-21
Algumas perguntas frequentes 21
Referencias22-23
Conclusão 24-25
Anexo 26-30

Introdução
Com o passar do tempo as pessoas estão procurando um meio de trabalho por conta própria, poisexistem uma gama vasta de motivos por não quererem trabalhar para terceiros, por exemplo, evitar contato com chefes, querem administrar seu próprio negócio, pensam em adquirir mais rentabilidade, etc. Mas não é bem assim que o mercado funciona, não é simples tornar-se dono do seu próprio negócio, pois existem vários fatores para se tornar um empreendedor e observa-se fundamentalmente a expansão deuma atividade diferente que venha atender as demandas existentes no mercado.
A maioria dos grandes empreendedores começa de baixo e se desenvolvem conforme suas competências e habilidades, como no Brasil parte das pessoas físicas querem ser donos do seu próprio negócio o governo interveio sobre essa questão visando um meio de legalizar essas pessoas que até então eram tidas ou conhecidascomo pessoas que trabalhavam clandestinamente, para resolver essa situação, durante um bom tempo ficou sob decisão do congresso Nacional um projeto de lei sobre como formalizar as pessoas que exerciam alguma atividade econômica de pequeno porte, mesmo não tendo uma estrutura de organização empresarial. A maioria dessas pessoas exerciam suas atividades de forma irregular eram ambulantes e pessoas quetrabalhavam por conta própria.
Hoje, essas pessoas que trabalhavam de forma irregular podem formalizar-se de forma simples e “gratuita” e o governo ainda disponibiliza uma relação de contabilidades optantes pelo Simples Nacional para ajudar os microempreendedores a desenvolverem a parte contábil das microempresas, embora seja menos burocrática, pois os microempreendedores não precisam fazertodas as escriturações que são obrigadas para empresas de porte maior, além disso, o governo disponibiliza cursos pelo SEBRAE para que os microempreendedores estejam atualizados em como desenvolver suas atividades de maneira que gere lucros e que essas microempresas se tornem um dia empresas de grande porte se souberem administrar de forma correta e efetiva seu bens e direitos.
Durante essa pesquisabibliográfica será possível à análise de como os optantes pelo sistema do Microempreendedor Individual irá contribuir de forma efetiva para o desenvolvimento de suas atividades e da economia do país, quais são as vantagens e desvantagens se ser um microempreendedor individual, quais são os custos, obrigações, benefícios e o mais importantes, como um microempreendedor poderá se tornar um grande...
tracking img