Dano moral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1878 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ... VARA CÍVEL DA COMARCA DE ........


.........., já devidamente qualificado nos autos de AÇÃO DE REPARAÇÃO DE DANOS Nº......, proposta em face de ...... e ......., através de seus advogados abaixo assinados, vem respeitosamente à presença de Vossa Excelência, apresentar ALEGAÇÕES FINAIS através de MEMORIAIS ESCRITOS discorrendo sobre questõesde fato e de direito que passamos a expor:


1. BREVE RELATO DOS FATOS E DO HISTÓRICO DO PROCESSO

Em data de .../.../... o autor realizou uma viagem aérea através da empresa-ré, saindo de ..... com destino à ..... Chegando ao destino-......., verificou que sua bagagem havia sido extraviada e, comunicando a empresa -ré, esta não soube lhe informar o que havia acontecido.

Em decorrênciadeste extravio o autor ficou sem seus objetos particulares, em especial uma câmera fotográfica ......., modelo ...., no valor de R$ .... e uma jaqueta ....., no valor de R$....

Passados mais de ... meses a empresa-ré devolveu a mala extraviada, porém violada, sem a máquina fotográfica e a jaqueta acima descritas, causando prejuízo ao autor, além de inúmeros transtornos decorrentes do extravio.O autor então pleiteou junto a empresa-ré a devolução dos objetos furtados e um ressarcimento pelas avarias causadas na mala, sendo no entanto negado por esta.

Não obtendo sucesso de forma amigável, restou ao autor somente a tutela jurisdicional para reparar os danos materiais e morais causados pela empresa-ré.

Distribuído e autuado os presentes autos, foi designada audiência de conciliaçãoem data de .../.../..., que resultou negativa, e estabeleceu como ponto controvertido "a questão da violação da bagagem do autor de responsabilidade da ré, bem como a existência do efetivo dano, quando vários objetos do autor teriam desaparecido da mala violada".

Formalizada a relação processual, a empresa-ré ..... apresentou contestação (fls. ...) aduzindo preliminarmente: a) carência da açãopor não provar o autor a existência dos objetos reclamados dentro da mala; b) denunciado da lide à seguradora ......; e quanto ao mérito: c) danos materiais - admitiu a responsabilidade objetiva de indenizar, mas mencionou a prevalência da aplicação do Código Brasileiro de Aeronáutica sobre o Código de Defesa do Consumidor, onde a responsabilidade de indenizar por perda ou extravio de bagagemlimita-se no valor de 150 OTNs; d) danos morais - não cabimento por não ficar demonstrado o efetivo por parte do autor.

A litisdenunciada ....... também apresentou contestação (fls. ...) alegando: a) a existência do contrato de seguro com a ..., cujo valor da apólice em caso de danos com bagagens limita-se em R$ ...; b) não cobertura da apólice em caso de danos morais; c) que o valor pleiteadopelo autor por dano patrimonial não restou provado através de notas fiscais ou outros documentos idôneos; d) ausência de dano moral e que o valor pretendido pelo autor é totalmente descabido.

Após as contestações apresentadas, foi realizada em data de .../.../... audiência de instrução e julgamento, onde resultou negativa a conciliação, foi ouvida uma única testemunha arrolada pelo autor, e emseguida designando data para apresentação de alegações finais por memoriais.

2. O DIREITO APLICÁVEL

O Código de Defesa do Consumidor tem a finalidade de proteger o consumidor, enquanto este é o agente mais vulnerável da relação de consumo, buscando o equilíbrio de tal relação. A referida finalidade atende aos mandamentos constitucionais do art. 5º, XXXII, que inclui, entre os direitosfundamentais, a proteção ao consumidor, e do art. 170, que considera princípio da ordem econômica brasileira a defesa do consumidor.

Ademais, o CDC estabelece, em seu art. 6º, inciso
" Art. 6º. São direitos básicos do consumidor:
(...)
VI - a efetiva prevenção e reparação de danos patrimoniais e morais, individuais, coletivos e difusos;"

O citado artigo complementa-se com o art. 14 do mesmo...
tracking img