Cupins

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2226 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal de São Joao Del-Rei

Departamento de Engenharia de Biossistemas

Sistemas Ecológicos I

Profs. Iola G. Boëchat/ Bjorn Gücker

A Importância dos Cupins no Ecossistema

Sylvana Rodrigues

Sete Lagoas

2009

SILVA, Sylvana Rodrigues. A Importância dos Cupins para o Ecossistema. 2009. Trabalho proposto ao curso de Bacharelado em Biossistemas, – Sistema de EnsinoPresencial, Universidade Federal de São João Del Rei, Sete Lagoas, 2009.

RESUMO

Cupins são insetos sociais importantes para o funcionamento de muitos ecossistemas tropicais, pertencentes à ordem Isoptera, constituem um dos grupos de invertebrados dominantes em ambientes terrestres tropicais. Neste trabalho procuramos identificar qual é essa importância através de um levantamentobibliográfico. Uma das evidências da importância desses insetos é que quando se consideram ambientes como as florestas naturais, os cupins atuam como insetos benéficos na aeração e drenagem de solos, o que proporciona a movimentação das partículas, podendo assim atuar na recuperação de áreas erodidas. Analogamente, os cupins são consumidos por uma grande variedade de animais, tais como predadoresespecializados (tamanduás e tatus) e predadores oportunistas (escorpiões, planárias terrestres, pássaros, aranhas, lagartos) contribuindo para a formação de uma grande cadeia alimentar. Os isópteros também têm forte contribuição na cadeia de detritos, pois processam todo tipo de matéria orgânica existente no solo, proporcionando assim a liberação de nutrientes que podem ser facilmente assimilados porindivíduos de outros níveis tróficos. Diante de estudos como os citados acima, adquirimos uma visão mais abrangente a respeito do papel ecológico dos cupins anulando a idéia de que esses insetos atuam tão somente como pragas.

Palavras-chave: Cadeia de detritos, cadeia alimentar, importância ecológica.

INTRODUÇÃO

A ordem Isoptera engloba os indivíduos conhecidos como cupins outérmitas, os quais possuem um aparelho bucal do tipo mastigador. (Grassé 1949). Atualmente, há 2.858 espécies descritas, sendo que a região neotropical engloba 537 espécies. (Constantino 2007). Das sete famílias existentes, quatro delas (Kalotermitidae, Rhinotermitidae, Serritermitidae e Termitidae) ocorrem no Brasil, sendo que Termitidae contém cerca de 80% das espécies conhecidas (Noirot, 1995).Os cupins são os invertebrados dominantes em ambientes terrestres e tropicais e estão espalhados desde as florestas úmidas até as savanas, sendo encontrados até mesmo em regiões áridas. ( Lima, J.T & Costa-Leonardo, A.M., 2007). Considera-se que exerçam nas regiões tropicais o papel de minhocas na região temperada, como um dos principais agentes na fragmentação de material orgânico e suamistura com o solo mineral. (Poggiani et al., 1996).
A explicação para a extraordinária abundância desses insetos advém da existência da simbiose com microorganismos, além de uma organização social bastante desenvolvida. (Costa-Leonardo 2002). Os Isoptera são insetos sociais que vivem em colônias constituídas por centenas, milhares e até milhões de indivíduos. Esses insetos são sociais,porque há divisão de tarefas entre grupos especializados, denominados castas, e as colônias são compartilhadas por pais e filhos de diferentes idades, que vivem em completa interdependência, não existindo indivíduos vivendo isoladamente (Wilson 1971).
A ordem Isoptera é bastante conhecida pelo seu potencial como praga, apesar dos cupins-praga constituírem a minoria dentro do grupo(cerca de 10%) (Lima, J.T & Costa-Leonardo, A.M., 2007). Os cupins têm um importante impacto positivo em ecossistemas naturais já que são decompositores de matéria orgânica participando da reciclagem dos nutrientes e contribuindo para a aeração dos solos. (Costa- Leonardo, 2002).
Geralmente assume-se que todos os cupins são consumidores de madeira (xilófagos), porém uma grande...
tracking img