Cultura do consumo, cidadania e movimentos sociais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4756 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Ciências Sociais Unisinos 46(1):47-52, janeiro/abril 2010 © 2010 by Unisinos - doi: 10.4013/csu.2010.46.1.06

Cultura do consumo, cidadania e movimentos sociais
Consumer culture, citizenship and social movements
Gisela Taschner1
gisela.taschner@gmail.com

Resumo O consumo e a cidadania são entendidos como pertencentes a campos distintos e, por muito tempo, foram teorizados separadamente.Nos casos em que foram abordados conjuntamente, mesmo em diferentes perspectivas teóricas, as relações entre consumo e cidadania enfatizadas foram as de oposição, antagonismo e mútua exclusão. Nesse sentido, o objetivo deste artigo é explorar a relação entre consumo e cidadania, a partir de outros ângulos. O argumento principal desenvolvido é que se trata de uma relação multifacetada, e, portanto,mais complexa que a demonstrada nos estudos desenvolvidos até o momento. Para discutir esse argumento, são retomados momentos-chave da formação da cultura do consumo e dos movimentos sociais de defesa do consumidor. Analisa-se também uma tendência que ganha corpo a partir de fins do século XX: a da convergência entre diversos tipos de ativismo político, entre os quais se insere o do consumidor. Osresultados alcançados são evidências colhidas em uma pesquisa comparativa sobre a história da proteção do consumidor, realizada em 1994 e atualizada recentemente. Palavras-chave: cultura do consumo, cidadania, defesa do consumidor, novos movimentos sociais, identidade social.

Abstract Consumption and citizenship are considered by most scholars as belonging to distinct fields, and, for a longtime, they were theorized separately. In cases which they were approached jointly, even from different theoretical perspectives, the relations between consumption and citizenship emphasized were of opposition, antagonism, and mutual exclusion. In this sense, this article aims to explore the relation between consumption and citizenship from other angles. The main argument is that their relation ismultifaceted, and therefore it is more complex than what has been evidenced in most studies. In order to develop this argument, some key-moments in the formation of consumer culture, and the social movements for consumer protection are considered. Furthermore, it is analyzed the convergence among several kinds of political activism, which encompasses consumers’ social movements, a trend which startedby the end of the twentieth century and seems to be gaining momentum. The results found derive from empirical data collected in 1994 in a comparative study about the history of consumer protection, part of which has been recently updated. Key words: consumer culture, citizenship, consumer protection, new social movements, social identity.
1

Livre Docente em Sociologia do Consumo pelaUniversidade de São Paulo e Professora Titular do Departamento de Gestão Pública da Escola de Administração de Empresas de São Paulo, da Fundação Getulio Vargas. Avenida Nove de Julho, 2029, 01313-902, São Paulo, SP, Brasil.

48 Introdução
Historicamente, o consumo e a cidadania têm sido vistos como integrantes de distintos campos. Assim, foram teorizados separadamente por muito tempo. Nos casos emque foram abordados conjuntamente, as relações enfatizadas entre consumo e cidadania - mesmo a partir de diferentes perspectivas teóricas são de oposição, antagonismo e, nessa linha, de mútua exclusão: um jogo de soma zero. Neste artigo, as relações entre consumo e cidadania são exploradas a partir de outros ângulos, e a categoria dos movimentos sociais é incorporada à análise, uma vez que nosparece essencial para desvendar a natureza dessas relações. Nesse sentido, o principal argumento desenvolvido é que a relação entre consumo e cidadania é mais complexa do que aquela que prevalece nas análises sociológicas e políticas: existem dimensões de cidadania que passam pelo mercado, assim como existe uma dimensão política no consumo. Para desenvolver esse argumento retomaremos inicialmente...
tracking img