cultura do algodao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1685 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de setembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto Federal Goiano
Campus Morrinhos



Trabalho de Culturas II



Aluno: José Eduardo Dias Santana
Tema: Variedades, trangênico e melhoramento genético do algodão
Turma: 4 APM




Variedades do algodão



BRS 368RF
BRS 336
BRS 187
BRS Topázio
BRS Verde
CA-324
STAM-42
CHUREZA
ALBAR SZ-9314
DP 1227 RRFlex
DP 1227 BGIIRRFlex


Melhoramento genético doalgodão



Embora o melhoramento do algodoeiro tenha seus primórdios na domesticação de plantas, com relatos de trabalhos sistematizados a partir do século18, foi no início do século 20, com a redescoberta das Leis de Mendel e o subseqüente desenvolvimento da genética, que se iniciou a era moderna e científica no melhoramento genético. Posteriormente, com o advento do surgimento do “bicudo”(Anthonomus grandis Boh.), grandes avanços foram necessários, levando ao desenvolvimento de cultivares de ciclo mais determinado, com rápida frutificação, sem perder características de produção e qualidade de fibra, sendo um marco nas conquistas genéticas. Há estimativas de que os programas de melhoramento têm proporcionado ganhos genéticos de 1,0 a 1,3% ao ano, em vários países do mundo, inclusive noBrasil.
Em tempos atuais, com o acúmulo de informações genéticas sobre a natureza dos caracteres e metodologias de seleção e, mais recentemente, com a aplicação de métodos biotecnológicos, os ganhos genéticos tem sido contínuos, tanto para caracteres de interesse geral, quanto para caracteres mais específicos, como resistência a determinadas doenças, pragas, herbicidas e características especiais defibra.
Os procedimentos no melhoramento genético são variáveis, não havendo sistemas rígidos. Há considerável flexibilidade em função dos objetivos, disponibilidade de recursos humanos e financeiros, tempo disponível, nível de conhecimento quanto ao germoplasma disponível, flexibilidade reprodutiva em termos de possibilidades de acasalamento, além de outros fatores facilitadores. No Brasil, ondeo algodoeiro é cultivado em diferentes regiões, com distintos ecossistemas e sistemas de produção, tem-se, necessariamente, a distinção entre programas quanto a certos objetivos.
Deve-se, ressaltar, entretanto o grande número de caracteres trabalhados em programas de melhoramento no Brasil, haja vista a diversidade ambiental, mesmo em ambiente de cerrado, bem como a condição de cultivo emambiente tropical, em época com elevada temperatura e umidade, favorecendo a ocorrência de diversas doenças fúngicas e bacterianas. Em função da natureza genética desses diversos caracteres, o melhoramento torna-se mais complexo, haja vista a necessidade de conciliar e melhorar, simultaneamente, características muitas vezes negativamente correlacionadas. Independente do caráter “alvo”, sua expressãodecorre de componentes genéticos e ambientais, tal como na expressão F = G + E + GE, onde o valor fenotípico (F) é condicionado pelo componente genético (G), pelo componente ambiental (E) e pela interação genética x ambiental (GE), quando estiverem envolvidos dois ou mais ambientes. Portanto, para cada caráter de interesse no algodoeiro, tais componentes devem ser considerados, sejam de interessegeral ou de interesse específico em programas. Os tratamentos adequados desses componentes nos programas de melhoramento condicionaram a médio ou longo prazo, ganhos genéticos significativos. Portanto, as ações dos programas devem considerar a melhor forma de explorar a variabilidade genética disponível, frente à diversidade de ambientes e suas interações.


Características de interesse


Demodo geral, busca-se através do melhoramento genético obter-se incrementos em características, geralmente de natureza poligênica, com ganhos gradativos e contínuos; reduzir ou eliminar a manifestação de características indesejáveis, independente da natureza genética e acrescentar características de interesse ainda não disponíveis, estas geralmente de natureza genética mono ou oligogênica. Entre...
tracking img