Culpa no behaviorismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (981 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
. “ Somos donos de nossos atos,
mas não donos de nossos sentimentos; Somos culpados pelo que fazemos, mas não somos culpados pelo que sentimos ” Mário Quintana

Por quê fez isso? Por quê teveesta atitude? Qual a razão deste comportamento?

Fiz pois estava muito triste...

Minha atitude foi devido ao medo que eu estava sentindo!

Foi porque eu estava feliz. Simples...

.
Ossentimentos e comportamentos são causados pela história genética e ambiental, juntamente com a situação presente. Sendo o ambiente, o que é externo à ação, não ao organismo. Logo, o terapeuta foca não nosentimento em si, mas no evento que o antecede.

“Não consegui me divertir na festa pois pensava que deveria estar estudando...” “ Me sinto tão mal depois de 'atacar' o pote de sorvete e sair dadieta que estou fazendo há meses...” “Meu pai ficou tão aborrecido de eu viajar com meu namorado, que nem consegui aproveitar o passeio...”

“Só depois penso no que fiz, e sinto um sentimento horrívelde CULPA....”

O que é este sentimento?
ex. Charlie, é um homem que está constantemente mudando de relacionamentos afetivos. Jake é filho de pais separados e mora com o tio e o pai, onde não háfigura “materna” no seu dia a dia. Quando Charlie conhece Wendy, e seu relacionamento fica um pouco mais duradouro, Jake começa a “se apegar” a Wendy criando laços afetivos. Mas ainda sim, Charlietermina o namoro, e se sente culpado por magoar o sobrinho que gostava de sua excompanheira.

Ou seja...
Jake pune negativamente seu tio retirando a atenção e o afeto, e introduz uma condição aversivaduradoura ao ficar de cara fechada, gestos e falas de reprovação, silêncio... Estas contingências aversivas, geram o sentimento de culpa em Charlie. Este, por sua vez, afim de minimizar essesentimento, essas contingências, tenta desculpar-se, e até fazer agrados ao sobrinho em troca de gestos afetivos novamente. Tática essa conhecida de FUGA-ESQUIVA. Que tem objetivo de alterar as contingências...
tracking img