Cuidados continuados

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (277 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
kljhiujhoiujoiijpiupupoupoupÀ medida que se envelhece e cada vez mais com a impossibilidade de realizar
de forma independente as actividades básicas de vida diária,pode-se verificar o
aparecimento das doenças crónicas ou a perda geral das funções fisiológicas
levando à necessidade de ajuda de terceiros.
Estima-se, actualmente,que 80% das pessoas com 65 ou mais anos de idade
sofrem, pelo menos de uma doença crónica e, para muitos, a presença de duas ou
mais condições complicam o plano decuidados
(27)
.
O conceito de dependência consiste em a pessoa que por razões ligadas à perda
de autonomia física, psíquica ou intelectual tem necessidade de umaajuda a fim de
realizar as actividades básicas de vida diária
(45,2)
.
Uma das questões fundamentais é compreender como é que um idoso é
considerado dependente. Acapacidade funcional é um indicativo importante na
Qualidade de Vida do idoso. O desempenho das actividades básicas de vida diária é
um parâmetro amplamente aceite ereconhecido, permitindo uma visão mais precisa
quanto à dependência.
A funcionalidade tem sido definida como a capacidade de um indivíduo em se
adaptar aosproblemas e exigências do dia-a-dia e é avaliada com base na
capacidade e autonomia de execução das actividades básicas de vida diária
(7)
.
A autonomia dos idososclassifica-se em três grandes grupos: Baixa autonomia
(quando os idosos manifestam alta dependência para realizar as actividades de vida
diária (AVD) e com escassas relaçõessociais); Média autonomia (resolvem a maior
parte dos seus problema do seu dia a dia, mas contam com o apoio dos familiares,
quando revelam perdas senso
vida)
(65)
tracking img