Cuidados continuados de saude

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2276 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O que é?
Cuidados continuados de saúde pretendem ser os cuidados prestados ao cidadão, em situação de dependência, que requerem tratamento de longa duração, suscetível de correção, compensação ou manutenção e que, necessite de cuidados complementares e interdisciplinares de saúde. Os cuidados continuados destinam-se assim a colmatar uma lacuna, no que se refere à escassez de respostasadequadas que satisfaçam as necessidades de cuidados de saúde decorrentes de situações de dependência, resultantes de doença de evolução prolongada, que se estima virem a aumentar nas próximas décadas.
Principais objetivos dos cuidados continuados de Saúde:
- Prestação de cuidados de saúde e de apoio social de forma continuada e integrada a pessoas que, independentemente da idade, se encontrem emsituação de dependência;
- Manter a autonomia no domicílio e no seu ambiente habitual;
Assegurar a mobilidade e a acessibilidade a benefícios e a serviços;
- Apoiar e formar as famílias, voluntários e outras pessoas da comunidade que assegurem cuidados ou acompanhem este tipo de situações
E deverão contribuir para:
- Criar respostas integradas entre os sectores da saúde e social, quer nodomicílio, quer em regime ambulatório, de forma a colmatar o aumento exponencial do número de pessoas portadoras de doença crónicas, com curso inexorável para a deficiência, para a desvantagem e para a incapacidade, entre as quais se inclui uma percentagem significativa de pessoas idosas, que apresentam necessidades acrescidas de apoio social sem redução da necessidade de cuidados de saúde;
- Promovere melhorar a prestação de cuidados de saúde e de apoio social integrados às pessoas idosas, centrados em equipas multidisciplinares, que possuam recursos humanos devidamente formados, e centrem a sua atuação numa componente de reabilitação e de acompanhamento, através de cuidados de média e de longa duração, indispensáveis a um sistema de saúde que se quer adequado para responder às necessidadesde uma população em envelhecimento.

Situação Portuguesa
A evolução da população portuguesa, o problema do envelhecimento nos cuidados continuados.
A evolução dos indicadores demográficos tem refletido o progressivo envelhecimento da população portuguesa. O INE estima que, em 2008, 17,9% da população residente em Portugal Continental tenha 65+ anos e 1,8% tenha idade 85 anos. Em 1991 estasproporções eram de 14,0% e 1,0%, respetivamente. Os índices de dependência de idosos, de envelhecimento e de longevidade têm vindo, analogamente, a aumentar. Em 2008, por cada 100 portugueses em idade ativa existiam 27 com 65+ anos. No mesmo ano, o índice de envelhecimento atingiu os 118 por 100 jovens e o índice de longevidade aumentou para 46 pessoas com 75+ anos por cada 100 pessoas com 65+ anos.No decénio 1991-2001 a percentagem de população idosa no total da população em Portugal aumentou de 13,6% para 16,4% tendo pela primeira vez, ultrapassado a população jovem (situada nos 16%). Além disso, o índice de longevidade (relação entre os indivíduos com 75 e mais anos e o número total de idosos) aumentou de 39 para 41, o que reflete o envelhecimento da população idosa (INE, 2001). Aelevada sobrevivência está ligada a um aumento das doenças crónicas ou a um aumento das pessoas com patologia crónica. Segundo a OMS a proporção de indivíduos, no nosso país, em situação de dependência é de 7,3% em relação à população total e com mais de 65 anos a necessitar de cuidados é de 3% em relação à população total. Esta transformação da estrutura demográfica da população portuguesa, a par dealterações sociológicas que se traduzem, por exemplo, no aumento da proporção de idosos que vivem sós (passou de 7,7% em 1991 para 8,9% em 2001), criou novas necessidades de cuidados de saúde e de apoio social. Para além destes fatores, a procura de cuidados continuados é também determinada por mudanças verificadas em algumas patologias que têm evoluído para doenças crónicas e degenerativas,...
tracking img