Cruz vermelha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1872 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Comité Internacional da Cruz Vermelha

Índice

* Introdução – Página 3
Tema 1 – Comité Internacional da Cruz Vermelha - Páginas 4 a 11
* Subtema 1.1 – História – Página 4
* Subtema 1.2 – Objetivos da Cruz Vermelha – Página 5
* Subtema 1.3 – Direito Internacional Humanitário (DIH) – Página 6
* Subtema 1.4 – Principais princípios do CICV – Página 7
* Subtema 1.5 – 1ªGuerra Mundial – Página 8
* Subtema 1.6 – 2ª Guerra Mundial – Páginas 8 e 9
* Subtema 1.7 – Operações do CICV no mundo – Página 10
* Subtema 1.8 – Emblema – Página 11
* Conclusão – Página 12
* Web Grafia – Página 13

Introdução

Este trabalho foi realizado no âmbito da disciplina de Geografia e é relacionado com o Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV), que é umaorganização internacional que apoia feridos de guerra e luta por alguns direitos da humanidade, principalmente o direito à paz.

1 - Comité Internacional da Cruz Vermelha
1.1 - História

Após uma visita de Dunant a Solferino, em 1859, onde houve milhares de mortes de militares austríacos e franceses, Dunant propôs uma ideia, que publicou num livro. A sua ideia era que um acordo internacionalprotege-se um grupo de voluntários para que estes cuidassem dos feridos das guerras.
Este grupo de voluntários criou o Comité Internacional da Cruz Vermelha, que foi fundado em 1863 e tem a sua sede em Genebra, Suíça.
O presidente da Assembleia e do Conselho da Assembleia é o Jakob Kellenberger e conta com o apoio de cerca de 800 funcionários na sede, 12 mil voluntários e 100 milhões de membros. Aassociação atua em cerca de 80 países.
Atualmente, a Cruz Vermelha tem-se preocupado mais além dos soldados feridos. Agora apoiam também detidos civis, tentam melhorar as condições das detenções, promovem os campos de refugiados e melhoram as suas condições.
Nos últimos anos têm apoiado as vitimas dos desastres naturais, que tem aumentado de ano para ano, principalmente nos países com carênciade recursos.
A sua área de abrangência tornou-se mundial. A cruz Vermelha é uma associação imparcial no que respeita a conflitos, sendo que não apoia nenhum dos intervenientes, limitando-se a zelar pelo conforto e bem-estar dos civis e dos feridos.

Jakob Kellenberger, Presidente da Assembleia
1.2 – Objetivos da Cruz Vermelha

Acima de tudo a principal preocupação e objetivo da Cruz Vermelhaé proteger e garantir cuidados médicos às vítimas de conflitos armados e de desastres naturais.
Os objetivos principais são:
* Visitar prisioneiros de guerra e civis detidos;
* Procurar pessoas desaparecidas;
* Garantir o contacto entre membros de famílias separadas por conflitos;
* Reunir famílias separadas;
* Fornecer alimentos, água e assistência médica a civis (em casode guerra ou de desastre ambiental);
* Difundir o Direito Internacional Humanitário (DIH);
* Garantir o cumprimento do DIH;
* Agir contra violações do DIH e procurar a evolução deste conjunto de normas;
* Cooperar com outras instituições e sociedades nacionais na procura do bem-estar da população mundial;

Posto de assistência médica do CICV no Haiti

1.3 – Direito InternacionalHumanitário (DIH)

O Direito Internacional Humanitário (DIH), é um aglomerado de regras internacionais, com o objetivo de proteger as pessoas e os seus bens em tempo de guerra, tentando limitar o uso de armas e as estratégias de guerra.
Estas regras são publicadas por tratados, aos quais os Estados se aliam voluntariamente, com a missão de eles próprios as respeitarem e de fazer os outrosrespeitá-las.
O DIH relaciona-se com o CICV, na medida em que reconhece o acesso livre da Cruz Vermelha às vítimas dos conflitos armados internacionais e lhes confere o direito a oferecer os seus serviços às partes em guerra, quando estes têm casos de violência interna.
O DIH é universal sendo que tem o apoio de centenas de Estados, tendo tendência para aumentar. Este só entra em prática em caso...
tracking img