Cruz vermelha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2107 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Comitê internacional da Cruz vermelha
Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) é uma organização humanitária, independente e neutra, que se esforça em proporcionar proteção e assistência às vítimas da guerra e de outras situações de violência.
Com sua sede em Genebra, Suíça, possui um mandato da comunidade internacional para servir de guardião do Direito Internacional Humanitário, alémde ser o órgão fundador do Movimento da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho.
No seu constante diálogo com os Estados, o CICV insiste continuamente no seu caráter neutro e independente. Somente sendo assim, livre para atuar de forma independente em relação a qualquer governo ou a qualquer outra autoridade, a organização tem condições atender aos interesses das vítimas dos conflitos, queconstituem o centro da sua missão humanitária.

História
A organização foi fundada por iniciativa de Jean Henri Dunant, em 1863, sob o nome de Comitê Internacional para ajuda aos militares feridos, designação alterada, a partir de 1876, para Comitê Internacional da Cruz Vermelha.
A assistência aos prisioneiros de guerra teve grande avanço a partir de 1864, quando foi realizada a Convenção deGenebra, para a melhoria das condições de amparo aos feridos, e em 1899, quando foi realizada a Convenção de Haia, que disciplinava as "normas" de guerra terrestre e marítima.
Atualmente, o CICV não tem se limitado apenas à proteção de prisioneiros militares, mas também a detidos civis em situações de guerra ou em nações que violem os Estatutos dos Direitos Humanos. Preocupa-se ainda com amelhoria das condições de detenção, a garantia do suprimento e distribuição de alimentos para as vítimas civis de conflitos, a prover assistência médica e a melhorar as condições de saneamento especialmente em acampamentos de refugiados ou detidos.
Também tem atuado em assistência a vítimas de desastres naturais, como enchentes, terremotos, furacões, especialmente em nações com carência de recursospróprios para assistência às vítimas.
O Comitê Internacional da Cruz Vermelha baseia-se no princípio da neutralidade, não se envolvendo nas questões militares ou políticas, de modo a ser digna da confiança das partes em conflito e assim exercer suas atividades humanitárias livremente.

Missão
Suas principais atividades são:
* Visitar prisioneiros de guerra e civis detidos;
* Procurarpessoas desaparecidas;
* Intermediar mensagens entre membros de uma família separada por um conflito;
* Reunir famílias dispersas;
* em caso de necessidade, fornecer alimentos, água e assistência médica a civis;
* Difundir o Direito Internacional Humanitário (DIH);
* Zelar pela aplicação do DIH;
* Chamar a atenção para violações do DIH e contribuir para a evolução desteconjunto de normas.
Além disso, o CICV procura agir de forma preventiva e atua em parceria com as Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho em cada país, a exemplo da Cruz Vermelha Brasileira (CVB) no Brasil, e com a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho.

Princípios Fundamentais
O trabalho do Comitê Internacional da Cruz Vermelhaestá baseado em sete princípios fundamentais:
* Humanidade: Socorre, sem discriminação, os feridos no campo de batalha e procura evitar e aliviar os sofrimentos dos homens, em todas as circunstâncias.
* Imparcialidade: Não faz nenhuma distinção de nacionalidade, raça, religião, condição social e filiação política.
* Neutralidade: Para obter e manter a confiança de todos, abstém-se departicipar das hostilidades e nunca intervém nas controvérsias de ordem política, racial, religiosa e ideológica.
* Independência: As Sociedades Nacionais devem conservar sua autonomia, para poder agir sempre conforme os princípios do Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho.
* Voluntariado: Instituição de socorro voluntário e desinteressado.
* Unidade: Só pode...
tracking img