Criminologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1275 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Joinville, 22 de março de 2012





1 – INTRODUÇÃO

O presente relatório trata-se de uma investigação interna sobre os estressores que influenciam o dia- a dia do aluno soldado, com soluções estabelecidas para cada evento encontrado. Este relatório foi estabelecido conforme o cronograma exposto pelo secretário do Curso de Formação de Soldados CFSD/2011/2012.



2 – Estresseno convívio da caserna CFSD 2011/2012.



Fatores vivenciados no Curso de formação de Soldados 2011/2012, reflete-se no mix de culturas presentes em 52 alunos, por horas, aproveitáveis para o crescimento individual e coletivo, visando deslumbrar novos caminhos conhecer outras culturas e aproveitar ao maximo esses diversos conceitos impressos em cada aluno. Porém com todos essestemperamentos múltiplos por hora cria-se um ambiente competitivo, explosivo e tumultuoso, cabendo a cada um gerenciar esses conflitos individuais e o grande grupo contribuir para a harmonia e a boa convivência entre-nos, caso presente neste curso.

A cobrança de uma nova formação de Policiais “comunitários” cria algumas expectativas marcantes que a sociedade em algum momento irá cobrar, essenovo conceito cresce rapidamente e em enormes proporções colocando uma visão embaçada e confusa a qual a máquina homem deve absorver e assimilar, em um ritmo acelerado as inúmeras ações de policiais militares por hora ostensivos dentro de um complexo sistema de ensino diluído em módulos totalizando quase dez meses de ensino para a prática desta profissão.

Para maior compreensão destetrabalho devemos definir o que é o estresse:
Segundo Lipp (1996, p. 20):
“Stress é definido como uma reação do organismo, com componentes físicos e/ou psicológicos, causada pelas alterações psicofisiológicas que ocorrem quando a pessoa se confronta com uma situação que, de um modo ou de outro, a irrite, amedronte, excite, ou confunda, ou mesmo que a faça imensamentefeliz [...] No momento em que a pessoa é sujeita a uma fonte de estresse, um longo processo bioquímico instala-se, cujo início manifesta-se de modo bastante semelhante, com o aparecimento de taquicardia, sudorese excessiva, tensão muscular, boca seca e a sensação de estar alerta.”



Foram identificados como fatores externos dentro do grupo e que influencia primeiramente o estereótipoda massa e em segundo plano o genótipo:

01- Distância dos familiares,
02- Dificuldade de adaptação ao local;
03- Ritmo modificado de vida;
04- Adaptação financeira;
05- Adaptação a convivência social com os colegas em casa;
06- Nova experiência de vida dentro de uma hierarquia e disciplina;



Expresso de modo simples os estressores internos dentro do grande grupo.01- Diferenças de idéias;
02- Invasão de privacidade em âmbito escolar;
03- Auto- estima baixa;
04- Concorrência entre os alunos;
05- Descomprometimento de pequena parte do grupo;
06- Tumulto no decorrer da apresentação das aulas;
07- Pressão diária.


Explica-se os pontos elencados acima como estressores externos aqueles que influenciam indiretamente o alunodentro da escola, contudo devem-se separar estes problemas para não ofuscarem o objetivo principal que é a formação com qualidade.

Ainda sabemos que o convívio em grandes grupos devem ser administrado com cautela e grande sabedoria para não ocorrerem injustiças ou favorecer alguém.

Para salientar o ponto mais discutido e enfatizar os estressores internos do grupo, os seteprincipais pontos.

As grandes idéias são criticadas continuamente, e em primeiro momento não acatadas, são reavaliadas e posteriormente aceitas.Pelo próprio convívio diário cria-se uma casca de intimidade pessoal a qual não deve ser rompida como comentários ou imposições, que já viraram no momento algo que promove certo distanciamento. Por vezes escutamos comentários depressivos ou...
tracking img