Creatina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1006 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO




A participação da creatina em um dos sistemas metabólicos utilizados como fonte de energia durante o exercício, o sistema ATP-CP, é conhecida há décadas e pode ser resumida da seguinte forma: cerca de 85gramas de ATP são estocados no organismo, porém, esta concentração não pode diminuir menos a menos de 30%. Por esse motivo é preciso que o ATP seja constantementeressintetizado, a fim de fornecer a fim de fornecer a energia necessária para o trabalho biológico. Este estudo tem como objetivo analisar se ocorre melhora no desempenho de atletas corredores dos 100 metros de equipes de base , suplementados com creatina. A amostra contém 20 indivíduos do sexo masculino de equipes de base corredores dos 100 metros rasos. Para saturaçãoforam utilizadas 20g/dia de creatina. Após este período e até o final do teste, foi utilizado uma única dose de 3g/dia. O tratamento estatístico a ser utilizado, é ANOVA TWO-WAY para medidas repetidas.


PALAVRA CHAVE: Creatina, suplementação.

INTRODUÇÃO



A creatina monoidratada tem sido muito utilizada por atletas das mais diversasmodalidades.

A participação da creatina em um dos sistemas metabólicos utilizados como fonte de energia durante o exercício, o sistema ATP-CP, é conhecida há décadas e pode ser resumida da seguinte forma: cerca de 85gramas de ATP são estocados no organismo, porém, esta concentração não pode diminuir menos a menos de 30%. Por esse motivo é preciso que o ATP seja constantemente ressintetizado,a fim de fornecer a fim de fornecer a energia necessária para o trabalho biológico. Uma parte da energia necessária para sua ressíntese é obtida diretamente e rapidamente através de um outro composto rico em energia; a creatina fosfato. Em termos energéticos, esse composto é similar ao ATP, pois com o seu rompimento, quantidades significativas de fosfato sãoliberadas formando creatina livre e fosfato. Portanto, a mobilização de energia proveniente de ATP e CP é fundamental na determinação da habilidade de um indivíduo em gerar e sustentar o exercício de máxima intensidade com duração de até 30 segundos.

De acordo com ( CLARK, 1997), a creatina fosfato é capaz de agir como um depósito de energia econcentração de ATP, desta forma mantendo os nucleotídeos musculares, otimiza-se a performance durante o exercício e seus intervalos.

Atualmente vem sendo proposto que tal composto funcione como uma “lançadeira” para o transporte de alta-energia da mitocôndria para os diferentes locais de utilização, ou seja, dentro das células do músculoesquelético. Outras propriedades têm sido atribuída à creatina, principalmente com relação ao tamponamento de composto de ADP e íons de hidrogênio.

Relata-se que concentrações elevadas de ADP no meio intracelular provocam, indiretamente, efeito inibitório em algumas reações mediadas pelas enzimas denominadas ATPases, o que prejudicaria acontração muscular. Além disso, sabe-se que o aumento dos íons hidrogênio, com conseqüente diminuição do pH muscular, contribui para o inicio do processo de fadiga. Portanto, aumenta a capacidade de tamponamento da célula intramuscular.


CREATINA NO ATLETISMO

A suplementação de creatina é muito disseminada no atletismo, alguns estudos, (SEKARE E COL,2001), relataram aumento da velocidade em provas de 100m sprint (11,68 x 11,59s).

Devemos considerar que os 100m é uma prova de curta duração e a produção de energia pelos músculos ativos pode ser 100 vezes maior do que em repouso e exige um fornecimento rápido e imediato de energia que é proporcionada quase que exclusivamente pelos...
tracking img