Crack

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2890 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistema de Ensino Presencial Conectado
CURSO DE SERVIÇO SOCIAL

O TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL:
O USO DO CRACK: UM PROBLEMA SOCIAL RESTRITO ÀS METROPOLES?

VITÓRIA DA CONQUISTA
2012

PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR INDIVIDUAL:
O USO DO CRACK: UM PROBLEMA SOCIAL RESTRITO ÀS METROPOLES?

Produção textual interdisciplinar, apresentada à Universidade Norte do Paraná - UNOPAR,como requisito parcial para a obtenção de média bimestral no 1º Semestre de Serviço Social.

Orientador: Profs. Lisnéia Rampazzo, Giane Albiazzetti, Gleiton lima e Rosane Malvezzi.

Vitória da Conquista - Bahia
2012

SUMÁRIO


RESUMO 04
1 INTRODUÇÃO 05
2 DESENVOLVIMENTO 06
3 CONSIDERACÕES FINAIS 10
REFERÊNCIAS 12

RESUMO

O uso do crackvem aumentando drasticamente e deixou de ser um problema regionalizado, passando a acontecer na maioria das cidades brasileiras. Seus efeitos também se propagaram e criam diversos problemas sociais, como aumento da violência e criminalidade, abandono escolar, crises familiares, dentre outros. Devido o poder de dependência dessa droga e a facilidade de se compra-la, ela se tornou um dos maioresproblemas de saúde pública do país, porém ainda é passível e ser controlada através de tratamento especializado ou da prevenção. Porém, somente o tratamento não resolve o problema, pois essa droga também destrói as relações sociais. Assim, o trabalho da Assistência Social tem lugar especifico nesse combate visto seu poder de auxiliar na reinserção social. Assim, esse trabalho tem como foco aelaboração de uma analise sobre o desenvolvimento do uso do crack, apontando um histórico sobre a problemática da exclusão social, de modo a enuncia-la como um dos focos de desestruturação social, além de apresentar os efeitos sociais do uso dessa droga, que se espalhou para o interior, deixando de ser um problema enfrentado somente nas grandes cidades. Além disso, essa produção acadêmica tambémevidenciará o papel do serviço social frente as demandas oriundas do uso do crack, principalmente no apoio aos grupos sociais e familiares atingidos por esse problema.

Palavras-Chave: Crack, Exclusão, Desestruturação, Família e Reinserção Social.

INTRODUÇÃO

O uso do crack vem aumentando drasticamente e deixou de ser um problema regionalizado, passando a acontecer em diversos lugares, desde asgrandes até as pequenas cidades, se configurando como um dos mais graves problemas de saúde pública, ao passo que seus efeitos criam diversos problemas sociais, como aumento da violência e criminalidade, abandono escolar, crises familiares, dentre outros.
Segundo Chalub e Telles (2006), o uso e abuso de substâncias transformou-se em um grave problema de saúde pública em praticamente todos ospaíses do mundo. Está altamente associado com comportamentos violentos e criminais, como acidentes de trânsito e violência familiar, principalmente entre indivíduos com histórico de agressividade e com complicações médicas e psiquiátricas, elevando drasticamente os índices de morbidade e mortalidade.
O crack debilita o organismo do consumidor rapidamente. Os primeiros sinais são emagrecimentorepentino, longos períodos de insônia e agitação, alternados com horas de sono muito pesado. O indivíduo tende a abandonar atividades de trabalho e estudo, demonstra irritação e ansiedade, perde o apetite. A depressão também é freqüente, assim como acontece no consumo de bebidas alcoólicas.
Destaca-se que inicialmente, o uso dessa droga era restrito à cidade de São Paulo, principalmente na regiãoconhecida como cracolândia, porém nos últimos anos, espalhou-se por outros centros urbanos em todas as regiões brasileiras, inclusive o interior do país, onde o consumo vem crescendo drasticamente.
Em termos mais específicos, pode-se apontar que o crack é  uma droga nova, barata e de alto poder de dependência. Mediante pesquisas sobre essa droga, diagnostica-se que o consumidor pode ficar viciado...
tracking img